3
set
As sereias da Terra do Nunca

A Terra do Nunca (Neverland em inglês) é pano de fundo das histórias de Peter Pan, o menino que não queria crescer. Dentre os habitantes da ilha mágica estão fadas, sereias, piratas e índios. O protagonista é um personagem criado pelo escocês J.M. Barrie em 1902, e suas aventuras na Terra do Nunca já foram recriadas na telona por diversos estúdios, sendo a mais famosa delas a animação da Disney de 1953. Além dessa, também temos outros títulos conhecidos, como o filme “Hook”, de 1991, e o live-action baseado no da Disney e de mesmo nome, lançado pela Universal e Columbia Pictures em 2003.

Tenho certeza que a maioria dos leitores do Sereismo já assistiram a pelo menos uma dessas versões, e com certeza a parte que mais chamou atenção foi a das sereias. Junto com tanta história diversa sobre Peter Pan, consequentemente temos mais um monte de sereias retratadas de formas diferentes. A única coisa em comum entre todas elas é que não são muito amigáveis (especialmente com mulheres – a Wendy que o diga! rs), mas na aparência temos bastante variedade. Vamos conhecer algumas delas?

neverland_disney

As sereias da Disney são sempre  encantadoras (vide Ariel, a princesa favorita da maioria das pessoas que conheço! heaiuheaiea). As que vivem na Terra do Nunca são lindas, charmosas e ardilosas. Quando eu era mais nova vibrava quando elas apareciam e ficava triste pela aparição ser tão breve. Ficava imaginando se a Wendy se transformaria em sereia, caso elas conseguissem afogá-la. E de vez em quando procurava a Ariel e suas irmãs entre elas heauheaui (o filme é mais antigo que “A Pequena Sereia”, mas pela minha idade é óbvio que assisti os dois na mesma época, hehe).

neverland_disney2

Em 2002 a Disney lançou a continuação “De Volta a Terra do Nunca”, mostrando dessa vez a filha de Wendy no meio das mesmas sereias que atentaram contra a vida de sua mãe.

neverland_hook

O filme “Hook” (1991) é centrado no Capitão Gancho e em um Peter Pan que finalmente cresceu, interpretado pelo já saudoso Robin Williams. A cena das sereias também é bem rápida, mas foi feita com capricho, pois elas são umas das mais lindas e bem caracterizadas de Hollywood.

neverland_peterpan2003

Já na versão de 2003 do longa distribuído pela Universal e Columbia Pictures, as sereias são mais sombrias, porém não menos hipnotizantes.

neverland_1924

Agora voltando totalmente no tempo… Em 1924 a Paramount Pictures lançou um filme mudo e em preto e branco de Peter Pan. Independente de antigo e da tecnologia naquela época ser nula, é uma passagem linda e muito mágica de se ver! As sereias no estilo retrô ficam ainda mais belas!

neverland_ouat_natashawilson

A atriz Natasha Wilson como uma sereia da Terra do Nunca na série “Once Upon A Time”

E é claro que eu não me esqueceria das sereias do meu seriado favorito de todos os tempos, Once Upon A Time <3 Logo no primeiro episódio da terceira temporada, quando o barco do (deuso) Hook está chegando na Terra do Nunca, as sereias começam praticamente uma guerra com a tripulação. Apesar de perigosas e não confiáveis, elas são retratadas como mulheres lindas e atraentes. Aliás, o detalhe que eu mais gosto é que na série a Ariel é uma sereia boa que também reside na Terra do Nunca!

A atriz Joanna Garcia como Ariel em "Once Upon A Time"

A atriz Joanna Garcia como Ariel em “Once Upon A Time”

Bom, há muitas outras versões de Peter Pan que não foram citadas, tanto em TV, teatro ou cinema, pois nem todas incluem as sereias e outras que, por serem antigas e menos conhecidas, não consegui achar fotos.

Em tempo: Preparem-se, pois em julho de 2015 a Warner Bros irá lançar o longa “Pan”, que contará com Hugh Jackman e Amanda Seyfried no elenco, e a modelo Cara Delevingne já foi cotada para viver uma das sereias!

Cara Delevingne fantasiada de sereia em um baile temático (2012)

Cara Delevingne fantasiada de sereia em um baile temático (2012)

Já estou ansiosa por esse novo filme! Como vocês acham que as sereias serão representadas? Espero que elas tenham bastante destaque! E qual a sua preferida de todas? 😀





Camila Gomes





20
ago
Santa Lolla lança coleção Deep Sea

Sereismo na moda! A marca Santa Lolla investiu no poder do oceano para compor sua coleção verão 2015 e lançou a chamada Deep Sea.

santalolladeepsea01

As peças são todas inspiradas no fundo do mar, com conchas e pérolas fazendo parte das estampas e adereços, disponíveis em rasteirinhas, sandálias de salto, bolsas, clutches e cintos.

santalolladeepsea03

santalolladeepsea02

 

santalolladeepsea04

Os preços variam entre R$130 a R$240.

Assista ao vídeo da campanha abaixo:

Eu e a Bruna já aderimos essa moda! E vocês?

santalolladeepsea_igbrutavares

Em tempo: a coleção Deep Sea combina bastante com esse headband de conchas da coleção da Bru com a Ludora, não acham?! 😉 Vende aqui!

ludorabrutavares_headbandconchas

Imagens: Blog/Catálogo e Instagram da Santa Lolla, Instagram Bruna Tavares e Ludora.





Camila Gomes





13
ago
Shark Week e outros sensacionalismos do Discovery Channel

Assim como os documentários sobre sereias The Body Found e The New Evidence, o Discovery Channel irritou seus telespectadores com informações mentirosas sobre tubarões no especial Shark Week.

sharkweek01

A atração, que é transmitida anualmente desde 1988, como sempre contou com grande expectativa e campanhas, incluindo até um vídeo com uma sereia (vai ver essa foi a dica de que seria mais um mockumentary* e não percebemos :P). Com esse pôster, já devíamos suspeitar que ao invés de se tratar de documentários retratando a verdadeira situação das diversas espécies do animal pelo mundo, o canal iria mostrar apenas lendas e mitos.

O mesmo caso já havia ocorrido na edição do Shark Week do ano passado, quando a emissora desrespeitou o trabalho de alguns cientistas entrevistados, mudando totalmente o rumo de suas entrevistas. O site io9 afirma que, em entrevista com dois pesquisadores que participaram da série, ambos relataram ter suas respostas fora de contexto na edição final dos programas.

Um deles foi para o “Monster Hammerhead(tradução: tubarão-martelo monstro – veja o trailer aqui), que foi ao ar na segunda-feira. Contaram com a participação da pós-doutorada em pesquisas do Shedd Aquarium, Kristine Stump. A descrição da atração fala sobre um lendário e enorme tubarão-martelo que ronda a costa da Florida por 60 anos. Entretanto, Stump afirma que esse, definitivamente, não foi o roteiro apresentado para ela:

“Em primeiro lugar, tubarões-martelo vivem apenas por volta de 44 anos. Eu pensei que o show iria mostrar os avanços de nossas pesquisas sobre essa espécie. Conversamos sobre nossos objetivos e também os desafios que encontramos para alcançá-los.”

O Shark Week termina no dia 16 e a programação conta com títulos como “Tubarões Aliens”, “Tubarões Zumbis” e “Tubarão-branco Serial Killer“. A lista completa pode ser vista aqui, mas caso esteja interessado em documentários mais realísticos sobre tubarões, clique aqui.

Créditos: The Shark Blog e io9.

sharkweek02

E o que isso tem a ver com o Sereismo? Bom, além de ser sobre um animal marinho, como citei lá em cima, o Discovery Channel já exibiu dois documentários sobre sereias (a Bruna já falou sobre eles aqui). Muita gente ficou fervorosa com a notícia de que elas realmente pudessem existir, mas todas as esperanças foram por água abaixo quando a emissora revelou que se tratava de um programa com atores, feito exclusivamente para entretenimento. Com certeza eles devem ter ganho muito ibope com a história, enganando milhares de telespectadores. E, pelo visto, continuam fazendo o mesmo – e, novamente, envolvendo seres do mar. A diferença é que, no caso do Shark Week, o buraco foi mais embaixo, pois ao invés aproveitarem a oportunidade e conscientizarem o público, resolveram insistir no mito popular de que tubarões são altamente perigosos e assassinos – o que é totalmente mentira e revolta ativistas do mundo todo! Acredito que nem sempre a série foi levada dessa maneira, assim como o Discovery Channel nem sempre optou pelo caminho do sensacionalismo. Mas se não podemos mais confiar nem em um canal que costumava ser sério, o que nos resta? É, quem sabe um dia viveremos num mundo onde a verdade absoluta reine mais que os mockumentariese onde as sereias sejam reais para todos! 😉

Em tempo: Clique aqui para saber sobre outro caso falso que bombou na internet semana passada envolvendo sereias.

* Mockumentary: é a junção da palavra “mock” (em tradução livre seria algo como “zoeira”) e “documentário”. Ou seja, “documentário de zoeira” 😛





Camila Gomes