17
jan
Dream Swimmer por Kaleo Gradilone

Conheci o Kaleo Gradilone em 2015, quando escrevi um post sobre ele e seus ensaios conceituais da Pequena Sereia. Desde então, construímos uma amizade e tive a honra de me transformar em personagens criados por ele, todas sereias. E neste ano eu já comecei mergulhando toda colorida no mundo do artista.

Watery Goddess & Golden Fish

Watery Goddess & Golden Fish por Kaleo Gradilone (2016)

Para o nosso terceiro ensaio juntos, Kaleo optou por fazer algo diferente não só do que já havíamos feito antes (apesar de manter a temática), mas também diferente de tudo que estamos acostumados quando pensamos e ouvimos em sereias. Uma de suas inspirações foi Ran, uma deusa das criaturas aquáticas e do submundo na mitologia nórdica. Quem apresentou essa figura foi um cliente de Kaleo (foto do ensaio deles abaixo) e, lendo mais a respeito da deusa, Kaleo teve a ideia de criar uma sereia com feições humanas numa pegada mais sombria. O resultado foi um ser mágico com pele colorida e semblante obscuro, assim como vemos em seu esboço.

Esboço da Dream Swimmer

Esboço da Dream Swimmer

Fazendo jus a famosa citação “conhecemos mais do nosso espaço do que nossos oceanos”, o artista colocou a personagem dentro de um contexto onde ela é capaz de nadar em águas tão profundas que acaba se mesclando com diferentes universos, até o dos nossos sonhos. Por isso, foi intitulada como Dream Swimmer e também passa a concepção de uma sereia intergaláctica. Tendo uma infinidade de diferentes realidades e cosmos, no fim a interpretação pode ficar a critério da fantasia do espectador.

IMG_6910x

IMG_7034x

Para compor a caracterização, Kaleo se inspirou em elementos grunge contrastando com o cabelo perfeitamente modelado. O lilás da pele conversa com o verde, criando uma contraposição interessante e harmoniosa. O olho é extremamente esfumado para criar profundidade com um cut de pálpebra luz, que serve para dar brilho no olhar junto ao esfumado rosa neon dramático com glitter – que apesar de ser uma cor teoricamente doce, na verdade aqui ela traz um ar lúgubre. A esclerótica dos olhos é amarelada para tirar o aspecto “humano”. A cor amarela foi escolhida pra contrastar com os tons de roxo da maquiagem.

IMG_7079x

Além disso, usamos o batom Syrena nos lábios e os batons Mera e Ondine nas pintinhas do rosto e do corpo, todos da Linha Sereismo para TBlogs. Vende aqui!

IMG_6980x

A produção toda levou em torno de 5 horas, mas a edição foi a parte mais difícil. Eu estava realmente usando uma cauda, mas para dar a impressão de eu estar flutuando, Kaleo tirou fotos de mim por partes e depois juntou tudo. Mesmo assim, ele conseguiu fazer tudo com maestria e o produto final ficou maravilhoso! Ambos ficamos orgulhosos e muito felizes! No dia ainda contamos com a ajuda e assistência da Babi Sparrow, a melhor cosplayer de SP! Confiram o trabalho dela em @babisparrow. E não deixem também de acompanhar o trabalho do Kaleo no Facebook e Instagram, que envolve muita arte, comprometimento, esforço e perfeccionismo! Apesar de ser especializado em maquiagens artísticas, ele também produz ensaios simples, basta entrar em contato e contratá-lo. É difícil encontrar um profissional que preze tanto pela originalidade, então temos que valorizar <3

IMG_6807x





Camila Gomes





31
dez
A Praia da Sereia em Maceió

No litral de Alagoas, na cidade de Maceió, existe uma praia chamada Praia da Sereia. O motivo deste mágico nome é uma linda escultura de Sereia com quatro metros de altura fixada nas rochas no ano de 1963. A linda estátua com proporções artísticas foi esculpida em cimento pelo artista pernambucano Corbiniano Lins.

praiadasereia_alagoas (1)

Para a nossa surpresa, a inspiração para a instalação artística veio da estátua de bronze da Pequena Sereia situada em Copenhague, na Dinamarca – a famosa homenagem a Hans Christian Andersen, o autor do conto que fascina gerações.

pequenasereiadinamarca

Antigamente, a praia alagoana se chamava Praia do Pratagi, porém, com a chegada da encantadora Sereia, este trecho a beira-mar foi rebatizado. Diz a lenda local que durante a lua cheia a estátua de cor branca absorve e reflete a luz da lua em um tom prateado maravilhosamente fascinante.

praiadasereia_alagoas (2)

Os rochedos onde a Sereia está fixada cria uma barreira para as águas, delimitando de forma natural, formando uma piscina cristalina. Depois da Sereia, as águas são bravias e perigosas.

praiadasereia_alagoas (3)

A construção da estátua se mistura com a história política da cidade. Em um texto em comemoração aos 200 anos de Alagoas, é possível conhecer os bastidores deste lindo projeto, que nos dias atuais encanta moradores e turistas. Centenas de pessoas, com todo o seu carinho, escolhem a Sereia para fazer as suas oferendas e pedidos em datas especiais, na esperança de atrair energia positiva, realizações e muita prosperidade em suas vidas.

praiadasereia_alagoas (4)

Em 2007 eu conheci uma linda canção ouvindo um LP com uma pessoa muito especial que me contou sobre a existência desta estátua. Eu me encantei de imediato! As lindas estrofes da música entraram no meu subconsciente e não saíram mais! A composição é do músico, cantor e compositor alagoano Carlos Moura e se chama “Minha Sereia”.

Mergulhar no azul piscina

No mar de Pajuçara

Deixar o sol bater no meu rosto

Ai que gosto me dá

Mergulhar no azul piscina

No mar de Pajuçara

Deixar o sol bater no meu rosto

Ai que gosto me dá

E as jangadas partindo pra o mar

Pra pescar, minha sereia

Maceió, minha sereia

Maceió, minha sereia

Mergulhar no azul piscina

No mar de Pajuçara

Deixar o sol bater no rosto

Ai que gosto me dá

Mergulhar no azul piscina

No mar de Pajuçara

Deixar o sol bater no rosto

Ai que gosto me dá

E as jangadas partindo pra o mar

Pra pescar, minha sereia

Maceió, minha sereia

Maceió, minha sereia

Maceió, minha sereia

Maceió, minha sereia

O lugar e a canção de Carlos Moura são tão magicos que na região acontece a festa de fim de ano intitulada Réveillon Minha Sereia. Com toda a certeza as Sereias de alma se encontram e celebram a chegada do ano ali pertinho do mar.

praiadasereia_alagoas (6)

Vários artistas brasileiros (Ivete Sangalo, Banda Eva, Timbalada, Wesley Safadão…) entoaram a canção durante as festas, fazendo a música se tornar um hino de exaltação ao encantador lugar no litoral alagoano. Mais uma vez, o poder que a imagem e a representatividade que a Sereia emana, toca os corações de quem acredita nos segredos das águas…

praiadasereia_alagoas (5)

Feliz 2018!!!

Posts relacionados:

Por Tati Bello










29
nov
Dicas para um ensaio subaquático

Recentemente realizei meu primeiro ensaio fotográfico subaquático profissional. Desde 2014 que eu me aventuro com fotos embaixo d’água, mas tudo bem caseiro usando uma GoPro mesmo, e quem fotografava era algum familiar que tava ali na piscina na hora, ahuhaua. Até que chegou o momento que eu queria mais, queria fazer algo realmente bonito! Quando percebi que já estava craque com poses aquáticas, entrei em contato com a fotógrafa Raphaella Guimarães (que eu já conhecia de outros carnavais! uaheua) e nós mandamos ver!!

Não seria se eu se não aproveitasse a oportunidade para ser a Ariel também, né?! heuhaea! Fiz fotos com a Rapha usando dois figurinos, um de Ariel (com peruca, cauda verde e top de biquini) e um de sereia Camila mesmo (com o cabelo natural, cauda preta e um top de conchas que a mãe da Rapha estilizou especialmente para o ensaio). A edição das fotos é assinada pela Rapha também, estávamos numa piscina e ela conseguiu fazer com que no produto final eu parecesse estar no fundo do mar mais lindo!

ensaiosubaquatico_byrapha (5)

Antes de começar a dar as dicas, gostaria de salientar que eu não sou mergulhadora, nadadora ou sereia profissional. Tudo que sei é por experiência própria de 3 anos brincando com cauda na piscina. Portanto, não posso ensinar técnicas mais elaboradas, pois seria irresponsável da minha parte, mas tentarei passar para vocês dicas básicas de poses para quem quer realizar um ensaio subaquático só por diversão, assim como eu :)

FIGURINO

Para começar, você precisa basicamente de uma cauda própria para nado com monofin. A monofin é importantíssima para o mergulho; sem ela, além da cauda ficar feia esteticamente, você também não conseguirá se mover dentro d’água propriamente. Nas fotos usei minha cauda verde da Miami Beach Mermaids e a preta da MS-Fins (porém, ambas não vendem mais nas lojas – veja onde comprar uma nesse post aqui)A parte de cima fica a seu critério! Pode ser um biquíni bonito, um top de conchas ou até mesmo uma blusinha. No meu ensaio, para as fotos de Ariel, usei um top da Hot Topic e, para as outras, a própria mãe da Rapha que fez um top de conchas especialmente para as fotos. Caso você opte por um assim, as conchas devem ser bordadas, pois se forem apenas coladas, podem sair na água (o mesmo vale para coroas ou outros acessórios). Também cheguei a tirar uma foto usando uma camiseta da coleção Sereismo para Lolja, só para brincar! E ficou bem legal! A opção seios desnudos também é válida e ficaria um nu artístico maravilhoso, afinal estamos falando de sereias 😉

ensaiosubaquatico_byrapha (8)

ensaiosubaquatico_byrapha (12)

camilagomes_loljasereismo_porraphaguimaraes

Caso você não tenha cauda, procure um fotógrafo que ofereça figurino de sereia completo. Nesse post aqui damos várias dicas de profissionais que fazem esse tipo de serviço por todo o Brasil. Outra dica para compor o look é o uso de lenços que dão um efeito bem bonito na foto. Eles são usados bastante por pessoas que fazem ensaios subaquáticos sem cauda, especialmente as grávidas (lembram da Beyoncé?). A Rapha tirou fotos subaquáticas de gestante da blogueira Juliana Goes com o uso de lenços e flores, e ficou mágico:

Em caso de peruca, basta colocar uma touca e depois prender a peruca com bastante grampos. Entretanto, eu sugiro que você apenas faça uso de peruca se quiser algo realmente diferente do seu cabelo, como por exemplo querer outra cor. No meu caso, como eu quis ser Ariel também, usei uma peruca ruiva e senti uma grande diferença na hora de fazer as fotos com o meu cabelo natural. A peruca acaba atrapalhando bastante para fazer poses e até mesmo para mergulhar. Com o cabelo natural me senti mais livre, sabe? Se for só para aumentar o comprimento, apliques podem resolver – a Hannah Mermaid, por exemplo, tem o cabelo joãozinho e sempre usa aplique para suas apresentações e ensaios fotográficos, mas estamos falando de uma sereia profissional extremamente experiente que manja pra caramba de mergulho, né! uahuaha! De qualquer maneira, acho que aplique deve atrapalhar menos que peruca. Em todo caso, confie no seu cabelo natural, pois o próprio ambiente aquático trata de deixa-los naturalmente bonitos e dançantes (aliás, o que mais me encanta nas sereias são os cabelos soltos que dançam com a água!) <3

ensaiosubaquatico_byrapha (7) editado

ensaiosubaquatico_byrapha (13)

Quanto a acessórios, em ensaios subaquáticos menos é mais. Se não for algo realmente chamativo, mal vai aparecer na foto, ainda mais se a água estiver turva. Só de você estar com uma cauda já vai te fazer arrasar! É o poder das sereias! hauhaua!

MAQUIAGEM

Opte, obviamente, por produtos a prova d’água, senão borra tudo. E tome cuidado ao voltar para a superfície e não coçar os olhos. Assim como os acessórios, em maquiagem menos é mais também. Por mais que você use apenas produtos a prova d’água, se desenhar escamas, por exemplo, pode ser que na foto apareça apenas umas manchas, sabe? Nas minhas fotos caseiras eu nunca uso maquiagem, já no ensaio que fiz com a Rapha usei apenas corretivo nas olheiras, batom líquido matte porque fica mais sequinho (Maçã do Amor do Pausa Para Feminices), máscara de cílios e fiz um delineado com lápis preto.

ensaiosubaquatico_byrapha (9) editado2

POSES

Embaixo d’água todas as poses acabam sendo espontâneas, e você tem que ter paciência e ter em mente que precisará mergulhar muitas vezes, pois de 100 fotos tiradas, é provável que apenas 10 fiquem boas (claro que isso depende do seu nível como mergulhadora, estou me baseando em uma pessoa que não possui muita técnica). Vá mergulhando e nadando bastante, para lá e para cá, sinta a água, relaxe e divirta-se, que assim as poses vão saindo naturalmente.

ensaiosubaquatico_byrapha (4)

Para se manter mais tempo no fundo, o ideal é treinar a apneia. Você deve tirar todo ar do seu pulmão e respirar pelo diafragma. Caso você não domine sua respiração, uma opção é colocar lastros dentro da parte de baixo (são pesinhos que parecem sabonetes usados por mergulhadores profissionais, vende em lojas de esporte). Esses lastros não vão te fazer afundar e nem vão te prejudicar na hora de voltar a superfície, eles apenas te ajudam a não boiar. Dessa forma, você consegue sentar lá no chão e fazer poses mais elaboradas. Usei e abusei dos lastros no ensaio com a Rapha, inclusive essa dica foi dela e ela também usou para se manter lá embaixo. A Rapha fez anos de natação e tem uma boa apneia, ou seja, é importante que o fotógrafo também esteja preparado. Com certeza é uma vantagem e faz uma grande diferença! Além disso, combine antes com o profissional a pose que você pretende fazer lá embaixo. Para esses casos, é sempre bom rolar uma pré-definição antes de soltar o clique.

ensaiosubaquatico_byrapha (19) editado

Vale lembrar, também, que na água tudo dobra de tamanho (dependendo da lente que o fotógrafo usar), então temos que nos atentar, principalmente, aos movimentos dos braços. Devem ser sempre leves e delicados, e se possível sempre mais próximos ao corpo. Se ficam muito abertos e afastados, pode dar a impressão que estão maiores que o normal e fica estranho. Outra coisa que devemos lembrar é a expressão facial. Jamais, em hipótese alguma, prenda a respiração com ar na bochecha, a não ser que você queira parecer que está se afogando, huahua! Lembre-se sempre de manter o rosto relaxado e evitar soltar bolhas.

ensaiosubaquatico_byrapha (15)

LOCAL

Se você não é boa nadadora, opte por piscinas. No mar, além de correr o risco de pegar correnteza ou águas mais revoltas, ainda tem a questão do sal, que te faz boiar mais do que o normal, e o uso dos lastros em mar aberto não é indicado para não mergulhadores. Vale lembrar, também, que você estará com as pernas presas e, estando no mar sem saber nadar, o perigo pode ser iminente. Fotos subaquáticas são lindíssimas, mas tenhamos responsabilidade em primeiro lugar!

A piscina deve ter boa iluminação e quanto mais clara, melhor. Não pode ter muito cloro também, senão a água fica turva e isso prejudica demais a qualidade das fotos (além do mais, os seus olhos e os do fotógrafo podem ficar bem irritados). Dependendo da edição, as fotos em piscina podem ficar tão lindas quanto fotos no mar do Caribe!

ensaiosubaquatico_byrapha (16)

Espero que tenham gostado das dicas! Lembrando que esse post, em especial, é para pessoas que querem tirar fotos aquáticas com cauda. Para gestantes, em específico, requer mais cuidado e recomendação médica, e de preferência realizar as fotos antes dos 6 meses de gestação. Dicas direcionadas para fotógrafos podem ser encontradas nesse outro post aqui, já para ver dicas de ensaios infantis, clique aqui.

E só por curiosidade… Abaixo a minha primeira foto subaquática em 2014, feita com uma GoPro (provavelmente tirada pelo meu marido ou irmã, uahua). Demorei anos para aprender a “controlar” os braços e até o próprio corpo e a respiração. Ver fotos e vídeos na internet, pesquisar, conversar com profissionais (minha amiga sereia Mirella Ferraz me ajudou muito também!), e claro, treinar bastante, é essencial para chegar a perfeição em qualquer coisa que fazemos na vida. E, no final, tudo vale a pena <3





Camila Gomes