26
dez
Resenha de livro – A Fábula de Dualina por Arnaud Mattoso
em: Cultura

A Fábula de Dualina é um conto publicado pelo autor e jornalista Arnaud Mattoso pela Chiado Editora. A história é contada em primeira pessoa pelo protagonista, um surfista que sofre um acidente enquanto surfava e é salvo por uma sereia chamada Dualina. 

afabuladedualina_capa

O personagem, então, descobre um mundo aquático de sereias que também surfam e, além de estarem em busca da onda perfeita, também procuram pelo ser humano ideal que possa reproduzir com todas elas, a fim de criar uma nova espécie anfíbia. Essa nova espécie seria capaz de transitar em terra e água, e seria a solução para acabar com a poluição e outros problemas do meio ambiente causados pelo homem. O tal surfista escolhido para essa missão acaba se apaixonando por uma das sereias e, agora, deve decidir se aceita ser o chefe do harém, quiça salvador da Terra, ou voltar a sua vida humana comum.

afabuladedualina_contracapa

Eu achei a capa do livro bonita, atrativa, e ele conta com apenas 55 páginas. A narrativa é bem escrita e a descrição da sereia principal, a Dualina, difere da maioria das sereias de outras histórias. Ela é uma sereia oriental. Entretanto, eu sinceramente não gostei da trama. Basicamente mostra que as sereias existem a milhares de anos protegendo os oceanos, porém precisam de um único homem no qual a única função é surfar, ser mimado pelas sereias como um verdadeiro rei e reproduzir com elas. Meio nonsense, né?!

Onde comprar?





Camila Gomes





25
nov
Resenha de livro – Úrsula, A Historia da Bruxa da Pequena Sereia por Serena Valentino
em: Cultura

Serena Valentino é uma escritora norte-americana que produz uma série de livros para a Disney na qual mostra a história dos vilões das animações clássicas dos estúdios. Três títulos já foram lançados, contando sobre a Rainha Má da Branca de Neve e sobre a Fera, de “A Bela e a Fera”. O último é sobre a Úrsula, a bruxa do mar – e a que mais nos interessa, hehe!

ursulaserenavalentino_capa

As narrativas dos livros da série acontecem praticamente no mesmo tempo-espaço, mas não são continuações entre si. Por levar o logo da Disney, poderíamos afirmar que são oficiais, se não fosse por um furo ou outro que observei no livro da Úrsula. Por exemplo, [spoiler alert] em certo capítulo a bruxa do mar diz que Ariel está apaixonada pelo príncipe, porém a cena do filme que é descrita posteriormente é a do início do filme “A Pequena Sereia”, onde a sereia ainda nem conheceu Eric.

ursulaserenavalentino_lateral

Para falar a verdade, esse não é o único ponto negativo. Existem ao menos dois capítulos inteiros que a autora somente transcreve cenas exatas as do filme, e acredito que muita gente não ache interessante ler algo que já sabe. Além disso, a narrativa é bem confusa, mas eu posso ter achado isso pelo fato de não ter lido os outros dois livros da série.

ursulaserenavalentino_contracapa 

A ideia inicial da produção do filme “A Pequena Sereia” era mostrar Úrsula e Tritão como irmãos e isso é confirmado no livro de Serena Valentino. Porém, muitas perguntas continuaram sendo deixadas no ar, como por exemplo: por que a forma natural da Úrsula é de polvo? Por que ela foi banida do reino de Tritão? Sim, a pergunta mais óbvia de todas não foi respondida, a autora somente deixa implícito que eles brigavam muito.

Se você é fã da Disney, talvez valha a pena ler todos os livros para chegar a uma conclusão melhor. Eles são curtinhos, li em um dia! É provável que mais histórias de vilões sejam lançadas futuramente, como a da madrasta da Cinderela e a de Malévola. Agora, se você não é fã da Disney, falando da obra individualmente, é um livro que não recomendo. 

Onde comprar?





Camila Gomes





31
ago
Resenha de livro – Princesa das Águas por Paula Pimenta
em: Cultura

Princesa das Águas é um livro da autora brasileira Paula Pimenta totalmente inspirado no clássico da Disney “A Pequena Sereia”. Ele foi lançado em julho pela Editora Galera e faz parte da coleção de princesas da Paula, que já conta com os títulos Cinderela Pop e Princesa Adormecida. Os três são releituras modernas dos contos que já conhecemos e, apesar de não serem continuações um do outro, os personagens fazem ligações entre si.

princesadasaguas_capa

Antes de começar a resenha, dá o play abaixo porque é essa a música que vai ficar na cabeça de vocês enquanto estiver lendo Princesa das Águas! 😉

Arielle Botrel é uma brasileira nadadora profissional de 16 anos conhecida como “princesa das águas”, apelido herdado de seu pai que, no auge de sua carreira como nadador, era conhecido como “rei das águas”. Sua mãe, uma cantora chamada Selena Shell, morreu ao dar a luz a Arielle. Ela é a caçula da família e suas outras 5 irmãs seguiram os passos da mãe no meio musical, formando a banda Mermaid Sisters. Devido a um trauma de infância, Arielle é a única que não consegue cantar – ou pelo menos é isso que ela diz.

Durante um torneio na Suíça, Arielle desobedece seu treinador Sebastião Silva e acaba conhecendo da pior forma o tenista Erico Eggenberg em uma festa. Por um descuido, o atleta cai na piscina e é salvo por Arielle, que canta para ele para o manter acordado. Com medo de que a recriminem, ela foge assim que a ambulância chega. Ao despertar, o atleta se recorda vagamente da menina com voz de sereia que o salvou, e faz de tudo para reencontra-la, mas é em vão. Enquanto isso, Arielle é aconselhada a esconder seu segredo para manter o foco nas Olimpíadas.

Meses depois, por causa da ideia da blogueira Belinha, os organizadores das Olimpíadas resolvem criar uma gincana antes do grande evento, a fim de fazer com que o público conheça melhor os atletas. A ideia é mostra-los participando de reality shows. Por intermédio de Sula, uma esportista de nado sincronizado cheia de segundas intenções, Arielle e Erico se reencontram na atração “Linguagem do Amor”, onde ela deve tentar conquista-lo apenas com gestos, sem falar.

princesadasaguas_contracapa

O livro é um romance adolescente escrito em primeira pessoa sob o ponto de vista da protagonista. Apesar das milhares de referências deixarem os acontecimentos previsíveis, ele não deixa de ser interessante para os fãs mais fervorosos da Pequena Sereia da Disney. Nele, “Parte do seu Mundo” vira “The Sweet Escape”, da Gwen Stefani, pois é a música que Arielle canta para o Erico. A autora consegue prender o leitor e fazer com que a gente torça para os mocinhos e mergulhe em uma história super fofa, digna de uma novelinha! Já até imaginei os atores para os papeis principais: Cacá Ottoni como Arielle e Guilherme Leicam como Erico <3

cacaottoni_guilhermeleican

Onde comprar?





Camila Gomes