10
jan
Resenha de livro – Oceano Perdido por Johanna Basford
em: Cultura

Saudações irmãos do Mar!!!

Imagino que a maioria de vocês já conhecem os livros de colorir para adultos, obras repletas de ilustrações que prometem aliviar o stress através da arte-terapia. Centenas de livros invadiram as livrarias do Brasil em 2015 e conquistaram bastante gente com seu poder calmante através da arte, remetendo a memórias da infância quando passávamos horas de nossos dias em meio às canetinhas coloridas e lápis de cor.

Esta mania começou a ganhar força quando a ilustradora Johanna Basford lançou o seu primeiro livro, o Jardim Secreto. O exemplar fez tanto sucesso, vendendo milhares de cópias mundo afora, que novos temas foram surgindo. Até hoje Johanna lançou cinco livros de temáticas diferentes. Porém, é o terceiro lançamento da ilustradora que tem tudo a ver com nós, Sereias e Tritões. Falo do livro Oceano Perdido.

oceano-perdido-sereismo-natural-tati

lost-ocean-book-sereismo-naturaltati

Com desenhos detalhados, toda a inspiração vem do Universo marinho, então todas as páginas são repletas de algas, peixinhos, estrelas-do-mar, conchas, navios, baús de tesouros e, é claro, Sereias!

oceanoperdido_tatibello01

oceanoperdido_tatibello02

Eu tenho este livro a pouco mais de um ano, e vocês acreditam que eu só tive coragem de colorir um desenho?! (Quero deixar as ilustrações do jeitinho original 😉💙) Escolhi para pintar um peixe lindo, com uma cauda repleta de detalhes. Quando fiz a pintura tive a ideia de registrar o passo a passo através de um Time Lapse (fotos tiradas em sequência, que juntas formam uma animação). O resultado deste feito está neste vídeo:

Como todos nós sabemos que o Sereismo tem uma força estrondosa por todo o mundo, este livro fez  tanto sucesso que autora também lançou uma maravilhosa caixinha de cartões postais para colorir, e também o calendário de 2017 com a temática Lost Ocean (nome original do livro). Infelizmente ainda não chegou no Brasil, mas está disponível para venda no Amazon.

oceanoperdido_cartoespostais

calendario-oceano-perdido-sereismo-johanna-basford

E quem ainda não tem o livro Oceano Perdido, hoje em dia ele está custando metade do valor da época de seu lançamento. Que tal fazer uma pesquisa e adquirir o seu também?! E por não ser nenhuma novidade, acredito que a maioria de vocês que acompanham o Sereismo devem ter os seus exemplares, então que tal nos marcar nas redes sociais para mostrar os seus “coloridos de Sereia”?

Até mais Sereias e Tritões!!!

Por Tati Bello

Siga a Tati Bello no Instagram










26
dez
Resenha de livro – A Fábula de Dualina por Arnaud Mattoso
em: Cultura

A Fábula de Dualina é um conto publicado pelo autor e jornalista Arnaud Mattoso pela Chiado Editora. A história é contada em primeira pessoa pelo protagonista, um surfista que sofre um acidente enquanto surfava e é salvo por uma sereia chamada Dualina. 

afabuladedualina_capa

O personagem, então, descobre um mundo aquático de sereias que também surfam e, além de estarem em busca da onda perfeita, também procuram pelo ser humano ideal que possa reproduzir com todas elas, a fim de criar uma nova espécie anfíbia. Essa nova espécie seria capaz de transitar em terra e água, e seria a solução para acabar com a poluição e outros problemas do meio ambiente causados pelo homem. O tal surfista escolhido para essa missão acaba se apaixonando por uma das sereias e, agora, deve decidir se aceita ser o chefe do harém, quiça salvador da Terra, ou voltar a sua vida humana comum.

afabuladedualina_contracapa

Eu achei a capa do livro bonita, atrativa, e ele conta com apenas 55 páginas. A narrativa é bem escrita e a descrição da sereia principal, a Dualina, difere da maioria das sereias de outras histórias. Ela é uma sereia oriental. Entretanto, eu sinceramente não gostei da trama. Basicamente mostra que as sereias existem a milhares de anos protegendo os oceanos, porém precisam de um único homem no qual a única função é surfar, ser mimado pelas sereias como um verdadeiro rei e reproduzir com elas. Meio nonsense, né?!

Onde comprar?





Camila Gomes





25
nov
Resenha de livro – Úrsula, A Historia da Bruxa da Pequena Sereia por Serena Valentino
em: Cultura

Serena Valentino é uma escritora norte-americana que produz uma série de livros para a Disney na qual mostra a história dos vilões das animações clássicas dos estúdios. Três títulos já foram lançados, contando sobre a Rainha Má da Branca de Neve e sobre a Fera, de “A Bela e a Fera”. O último é sobre a Úrsula, a bruxa do mar – e a que mais nos interessa, hehe!

ursulaserenavalentino_capa

As narrativas dos livros da série acontecem praticamente no mesmo tempo-espaço, mas não são continuações entre si. Por levar o logo da Disney, poderíamos afirmar que são oficiais, se não fosse por um furo ou outro que observei no livro da Úrsula. Por exemplo, [spoiler alert] em certo capítulo a bruxa do mar diz que Ariel está apaixonada pelo príncipe, porém a cena do filme que é descrita posteriormente é a do início do filme “A Pequena Sereia”, onde a sereia ainda nem conheceu Eric.

ursulaserenavalentino_lateral

Para falar a verdade, esse não é o único ponto negativo. Existem ao menos dois capítulos inteiros que a autora somente transcreve cenas exatas as do filme, e acredito que muita gente não ache interessante ler algo que já sabe. Além disso, a narrativa é bem confusa, mas eu posso ter achado isso pelo fato de não ter lido os outros dois livros da série.

ursulaserenavalentino_contracapa 

A ideia inicial da produção do filme “A Pequena Sereia” era mostrar Úrsula e Tritão como irmãos e isso é confirmado no livro de Serena Valentino. Porém, muitas perguntas continuaram sendo deixadas no ar, como por exemplo: por que a forma natural da Úrsula é de polvo? Por que ela foi banida do reino de Tritão? Sim, a pergunta mais óbvia de todas não foi respondida, a autora somente deixa implícito que eles brigavam muito.

Se você é fã da Disney, talvez valha a pena ler todos os livros para chegar a uma conclusão melhor. Eles são curtinhos, li em um dia! É provável que mais histórias de vilões sejam lançadas futuramente, como a da madrasta da Cinderela e a de Malévola. Agora, se você não é fã da Disney, falando da obra individualmente, é um livro que não recomendo. 

Onde comprar?





Camila Gomes