13
fev
Detalhes sobre a filha de Úrsula em Descendentes 2

Na semana passada saiu um novo teaser do filme Descendentes 2, que trará a filha da vilã Úrsula, aquela que nos ensinou a importância da linguagem corporal.

Como já mencionamos aqui, a personagem irá se chamar Uma e vai ser interpretada por China Anne McClain.

China é atriz, cantora, compositora e tem um grupo com suas outras duas irmãs, chamado McClain Sisters. A carreira de China na Disney começou com ela fazendo uma participação em Hannah Montana, interpretando a personagem Isabel. Depois ela ganhou mais destaque como Tina, em Feiticeiros de Warverly Place, onde interpretou um anjo no episódio Feiticeiros vs. Anjos e, em seguida, foi escalada em A.N.T. Farm, programa de talentos. Para quem não conhece o poder musical de China, em um único episódio ela interpretou Ella Fitztergarld, Aretha Franklin e Janet Jackson. Que responsabilidade, hein?

chinaannemcclain01

Quando saiu o nome de China para interpretar Uma, algumas controvérsias foram geradas entre os fãs, pois China é a dubladora de Freddie, filha do Dr. Facilier em “Descendentes – Um Mundo de Vilões”, a websérie animada da franquia.

descendentesdisneywebserie

China, no entanto, vem se mostrando super empolgada e ansiosa. Parece que ela já aderiu o titulo de herdeira das águas na Ilha dos Perdidos (apesar de sua dublagem como Freddie). A atriz vive postando em sua conta pessoal fan-arts de sua personagem, fan-art da própria Úrsula com legenda de “mama”, fotos dos bastidores com elenco regular e entrosando com o novo. Ela foi ao encontro do primeiro poster oficial na Bentonville Square e até café com o nome da personagem ela já pediu. China ainda fez uma tatuagem de âncora no pulso e mostrou postando com a hashtag #Descendants2.

chinaannemcclain_descendentes01

chinaannemcclain_instagram02

A sinopse do filme já foi divulgada e, ao invés de Auradon, dessa vez o pano de fundo será na Ilha dos Perdidos. Enquanto Carlos (Cameron Boyce), Jay (Booboo Stewart) e Evvie (Sofia Carson) buscam o seu lugar em Auradon, Mal (Dove Cameron) não consegue aguentar a pressão de ser a namorada perfeita de Ben (Mitchell Hope). Mal, então, retorna para a Ilha dos Perdidos onde encontra sua arqui-inimiga Uma, com sua gangue pirata reunida: Harry (Thomas Doherty), o filho do Capitão Gancho, e Gil (Dylan Playfair), o filho de Gaston. Enquanto isso, Ben, Carlos, Jay e Evvie vão atrás de Mal. Eles precisam ensinar Ben a se comportar como um vilão para se misturar na Ilha dos Perdidos – isso explica o novo figurino do coroado rei de Auradon. Com a saída de Mal, Uma é a nova líder, mas nunca aceitou muito bem não ter sido escolhida para ir a Auradon. Junto com seus comparsas, ela tentará quebrar a barreira entre a Ilha dos Perdidos e Auradon, libertando, assim, todos os vilões presos na Ilha de uma vez.

descendentes2disney02

descendentes2disney

O figurino e a aparência dos vilões, que sempre foram muito majestosos, acabou causando certa decepção em alguns fãs no primeiro filme, mas isso tem uma explicação. A vida dos vilões era baseada em espalhar o mal e, presos, eles perderam o sentido da vida. Toda a aparência deles é trabalhada para transparecer a decadência em que eles se encontram, e isso explica até os remendos nas peças. O visual punk é para remeter o lado dark desses personagens. Quando eles chegam em Auradon pela primeira vez, fica clara essa situação através do choque dos personagens ao verificar a ausência da escassez que costumava ser presente na ilha.

Com o sucesso do primeiro longa, o orçamento acabará sendo maior e isso reflete no figurino. No entanto, como esse se passa na Ilha dos Perdidos, esse visual precisa ser mantido. Sabemos que a Uma será líder de uma gangue pirata, então o visual dela tem essa base de capitã, como mostram as fotos divulgadas.

descendentesdisney_bastidores01

A Úrsula é uma cecaelia, metade mulher metade polvo. Os tentáculos seriam inviáveis para produção do filme, mas o movimento ficou expresso na escolha das tranças afro no cabelo da personagem, que eu particularmente defini como ponto forte do figurino. O visual  também remeteu ao capitão Davy Jones, pirata amaldiçoado de Piratas do Caribe. Ele também tem o rosto com um molusco marinho por causa da maldição.

captaindavyjones

O figurino segue com muito couro colorido e as roupas apresentam uma cartela de cores quase monocromática para cada personagem. Em Jay predomina o amarelo e vermelho, em Carlos preto e branco, na Evvie é azul escuro e Mal tem predominância de roxo. Muito provavelmente por esse motivo, o de Uma não terá uma cartela de cores puxada para o roxo, apesar da Úrsula ser desta cor. A cartela de cores da Uma ficou entre o azul turquesa e o verde água, que são cores muito próximas – provavelmente para remeter que ela é uma filha da água. A Úrsula se encontra dentro d’água em A Pequena Sereia, então Uma terá que ter uma “aparência marinha” fora da água. Em uma foto divulgada por China, aparece um recorte semelhante a uma cauda, então provavelmente, além da silhueta, haverá elementos que remetam a origem da personagem.

chinaannemcclain_instagram01

O primeiro teaser foi divulgado ano passado e só mostrava o logotipo com os tentáculos de Úrsula e os protagonistas embaixo do mar:

Já neste trailer novo, divulgado no último dia 3, podemos ouvir Poor Unfortunate Souls, que eu estava torcendo muito para ter no filme.

Pra quem ainda duvida do sucesso, Descendentes 1 se tornou o quinto filme de maior audiência da TV a cabo de todos os tempos. No Brasil, ficou em 1º lugar entre todos os canais da TV a cabo para crianças de 4 a 17 anos. O diretor, Kenny Ortega, a quem eu chamo de Rei Midas das produções, já foi coreografo de Madonna, do filme Dirty Dancing e é responsável pelo documentário This Is It, uma homenagem a Michael Jackson. Na Disney, ele é responsável pelo sucesso de Halloween, Abracadabra, pela coreografia de Cheetah Girls e por High School Musical. Em relação a Descendentes 2, ele disse:

“A Ilha dos Perdidos é uma ilha que abriga os vilões mais infames, assim parecia natural para se ter uma gangue pirata, que inclui os descendentes de Úrsula, Capitão Gancho e Gaston surgindo para nós podermos levar o público a conhecer profundamente o mundo de Descendentes.”

Sobre a nossa antagonista, acrescentou:

“Como a nossa rica história se desenrola, Uma, a filha da bruxa do mar Ursula, prova que ela é uma força a ser reconhecida como a líder de uma gangue pirata e a nova rainha auto proclamada da ilha.”

Depois de tudo isso, só fica uma questão. Quem será a Úrsula? Eu iria amar profundamente se fosse Amber Riley (apesar de acha-la jovem para o papel). Mas quando ela se caracterizou de Úrsula, eu fiquei babando.

amberriley_ursula

Enquanto isso, só nos resta aguardar. Quem quiser já ir entrando no clima, assista China Anne McClain cantando Under The Sea aos 3 minutos no vídeo abaixo:

Por Camila Piccini










17
jan
Moana: A sereia com pernas da Disney
em: Cultura

Hoje é a estreia da nossa nova colaboradora! Deem as boas-vindas a minha xará e conterrânea Camila Piccini (e sósia da Moana nas horas vagas – por isso, nada mais justo do que começar fazendo resenha desse filme!) <3

Olá, meu nome é Camila e eu sou a mais nova colaboradora do blog Sereismo. Eu nasci em Santos, tenho um pai surfista e uma mãe fissurada em praia. O que me fez crescer no meio de muitos campeonatos de surf com a minha mãe me arrancando do mar.

Quando saíram as primeira artes gráficas de Moana, eu fiquei tão feliz de ver uma personagem com um narizinho de batata, cabelo cacheado e que ama o mar, mas eu não sabia que esse filme seria tão especial para mim. A minha relação com a minha avó é algo que eu não consigo nem descrever de tão completa e intensa que era. Eu me sinto a pessoa mais feliz de lembrar tudo de bom que nós vivemos juntas. Pelos trailers eu já sabia que eu não seria capaz de assistir o filme com a dignidade intacta.

No terceiro dia depois da estréia, eu já tinha assitido ao filme duas vezes. Uma delas com a minha mãe, que reafirmou a minha lembrança de não sair do mar quando criança. Conversando com a Camila Gomes sobre o quanto o filme já tinha cativado um lugar especial para mim, ela me chamou para escrever sobre o ele e trazer algumas curiosidades, e eu não pude deixar de aceitar.

moanaposter

Moana mal estreou e já quebrou recordes de bilheterias tanto nos EUA, quanto aqui no Brasil. Nós aqui do blog Sereismo já temos a licença poética de chama- la de sereia com pernas, já que como a própria personagem diz: “Sempre volto pra água, não consigo evitar“.

See the line where the sky meets the sea? It calls me.

A história da Moana se passa nas ilhas Polinésias. Elas ficam em uma área triangular compreendida entre o Havaí, Nova Zelândia e as ilhas de Páscoa. Isso explica uma certa semelhança com outra personagem conhecida nossa.

moanalilo

Fan art Moana & Lilo por Judy Lavernehopps

Quando criança, o oceano escolheu Moana para encontrar o semi-deus Maui e restaurar o coração da deusa Te Fiti, evitando que a escuridão fosse espalhada pelo Pacífico. Moana cresceu, divida entre o chamado do oceano e suas responsabilidades como filha do chefe da tribo. Ao perceber que a escassez de peixes havia atingindo a costa da ilha de Motu Nui, ela sentiu que a resposta estava naquele chamado do oceano. Incentivada pelos conselhos de sua avó, Moana descobriu que seus antepassados eram navegadores e, em seguida, partiu em busca de Maui para salvar o seu povo. A jovem, então, consegue restaurar os costumes antigos de seus antepassados, retornando ao mar para descobrir novas ilhas.

moanababy

moana01

Saindo do desenho e trazendo para nossa história, a linha do tempo dessas navegações ainda não é cientificamente conclusiva. Thor Heyerdahl, um pesquisador, acreditava pela semelhança física, costumes agrícolas, que a Polinésia foi colonizada por sul americanos. Patrick Kirch, outro pesquisador, defende o oposto: os polinésios que foram de encontro aos ameríndios. Apesar da cronologia não definida, essa ligação entre os continentes existe e foi comprovada, no filme, através de um bichinho que arrancou muitas gargalhadas: Hei Hei. Em 2007, acharam em um sítio arqueológico no Chile com ossos de galinhas de DNA compatível com os galináceos da Polinésia. Como as galinhas atravessaram o Oceano Pacífico antes da colonização européia? Os arqueólogos e pesquisadores acreditam que elas eram levadas nas embarcações.

moana_heihei

A Disney sempre tem uma referência em suas histórias e, por isso, a nossa sereia com pernas não apenas resgatou o costume do seu povo, resgatando o costume de navegadores, mas ela também garantiu que um galo atravessasse o oceano, como na época das grandes navegações Polinésias!

E sendo uma personagem escolhida pelo mar, existem várias referências a Pequena Sereia em Moana também. Lin-Manuel Miranda, um dos compositores da trilha sonora, afirmou em seu Twitter que a música de Tamatoa, o caranguejo gigante, fala sobre caranguejos que comem humanos como uma forma de vingar Sebastião. E tem mais: quando Maui canta “You’re Welcome”, podemos ver o Linguado e, na cena pós-crédito, Tamatoa aparece de barriga para cima dizendo que, se tivesse sotaque jamaicano e se chamasse Sebastião, todos iriam ajuda-lo. Como não amar?

moana_tamatoa

Antes mesmo de estrear vários artistas criaram fan arts mostrando Moana interagindo com a Ariel. Por essas e outras, e principalmente por ter tantos elementos *sereísticos*, o novo filme da Disney mereceu ser citado por aqui, com o selo Disney de qualidade e emoção!










25
nov
Resenha de livro – Úrsula, A Historia da Bruxa da Pequena Sereia por Serena Valentino
em: Cultura

Serena Valentino é uma escritora norte-americana que produz uma série de livros para a Disney na qual mostra a história dos vilões das animações clássicas dos estúdios. Três títulos já foram lançados, contando sobre a Rainha Má da Branca de Neve e sobre a Fera, de “A Bela e a Fera”. O último é sobre a Úrsula, a bruxa do mar – e a que mais nos interessa, hehe!

ursulaserenavalentino_capa

As narrativas dos livros da série acontecem praticamente no mesmo tempo-espaço, mas não são continuações entre si. Por levar o logo da Disney, poderíamos afirmar que são oficiais, se não fosse por um furo ou outro que observei no livro da Úrsula. Por exemplo, [spoiler alert] em certo capítulo a bruxa do mar diz que Ariel está apaixonada pelo príncipe, porém a cena do filme que é descrita posteriormente é a do início do filme “A Pequena Sereia”, onde a sereia ainda nem conheceu Eric.

ursulaserenavalentino_lateral

Para falar a verdade, esse não é o único ponto negativo. Existem ao menos dois capítulos inteiros que a autora somente transcreve cenas exatas as do filme, e acredito que muita gente não ache interessante ler algo que já sabe. Além disso, a narrativa é bem confusa, mas eu posso ter achado isso pelo fato de não ter lido os outros dois livros da série.

ursulaserenavalentino_contracapa 

A ideia inicial da produção do filme “A Pequena Sereia” era mostrar Úrsula e Tritão como irmãos e isso é confirmado no livro de Serena Valentino. Porém, muitas perguntas continuaram sendo deixadas no ar, como por exemplo: por que a forma natural da Úrsula é de polvo? Por que ela foi banida do reino de Tritão? Sim, a pergunta mais óbvia de todas não foi respondida, a autora somente deixa implícito que eles brigavam muito.

Se você é fã da Disney, talvez valha a pena ler todos os livros para chegar a uma conclusão melhor. Eles são curtinhos, li em um dia! É provável que mais histórias de vilões sejam lançadas futuramente, como a da madrasta da Cinderela e a de Malévola. Agora, se você não é fã da Disney, falando da obra individualmente, é um livro que não recomendo. 

Onde comprar?





Camila Gomes