27
mar
Veja como ficaram as letras das canções do musical da Broadway A Pequena Sereia

Nesta sexta-feira, dia 30, é a grande estreia do musical da Broadway A Pequena Sereia, em São Paulo. Apesar de ser da Disney, as músicas sofreram alterações e nós trazemos com exclusividade as novas letras para você saber tudo de cor quando for assistir a peça e cantar junto com o elenco <3

Fabi Bang é a nossa Ariel BR na versão nacional do musical A Pequena Sereia da Broadway (Foto: Rique Azevedo)

Fabi Bang é a nossa Ariel BR na versão nacional do musical A Pequena Sereia da Broadway (Foto: Rique Azevedo)

“Parte do Seu Mundo” se tornou “Meu Lugar”, com a mesma melodia mas uma letra completamente nova. E por que a música não pode ser a mesma do filme, se no musical dos Estados Unidos nada disso foi alterado? Bom, como tudo que vem pra cá tem que ser traduzido, as produções devem negociar com os versionistas daquela época, então por mais que a peça seja oficial, para facilitar, as montagens nacionais costumam criar suas próprias versões das canções (isso acontece com todo musical que ganha adaptação nacional).

SAO PAULO - SP / 21.03.2018 / MUSICAL A PEQUENA SEREIA / CADERNO 2 Ensaio do musical 'A Pequena Sereia', com Fabi Bang no papel da sereia Ariel e Lucas Candido como Linguado. O espetaculo estreia no teatro Santander no proximo dia 30. FOTO AMANDA PEROBELLI/ESTADAO

SAO PAULO – SP / 21.03.2018 / MUSICAL A PEQUENA SEREIA / CADERNO 2 Ensaio do musical ‘A Pequena Sereia’, com Fabi Bang no papel da sereia Ariel e Lucas Candido como Linguado. O espetaculo estreia no teatro Santander no proximo dia 30. FOTO AMANDA PEROBELLI/ESTADAO

MEU LUGAR

Neste lugar colecionei
Todas as coisas que eu encontrei
Quem olha pode pensar:
Conquistei o que eu quis

Tudo o que achei dentro do mar
É um tesouro com algo a contar
Quem olha em volta, supõe:
Sim, ela é feliz!

Tenho coisas por todos os cantos
Traquitanas e trecos demais
Eu parei de contar, tenho tantos
E daí? Tanto faz, quero mais!

Quero saber como os homens são
Quero aprender como eles dançam
Como é pular num só…
Como eles dizem?
Ah, pé!

Caudas são feitas só pra nadar
Mas quem tem pernas caminha e dança
E sempre correm atrás
Do que o coração quer

Onde tem sol
Onde tem ar
Onde é normal
Correr e dançar
Sinto que lá posso encontrar
O meu lugar

Quero saber como é viver
Onde o sol brilha
Topo pagar o que custar
Pra acontecer

Lá, pode crer, vão me entender
Lá um pai sabe ver que a filha
É ousada e cansada de obedecer

Lá eu vou saber tudo o que eu quiser
Minhas perguntas terão respostas

Como o fogo
Que traz calor
Traz também dor

Faço o que for pra me tornar
Parte do mundo acima do mar

Quem sabe lá
Posso encontrar
O meu lugar?

MEU LUGAR – REPRISE

Quero poder viver com você
Quero lutar pra estar ao seu lado
Quero acordar e encontrar o seu olhar

Onde tem sol
Onde tem ar
Onde nós dois podemos dançar
Quando te olhei
Eu encontrei
O meu lugar

Não sei dizer como ou porque
Mas eu já sinto algo nascer
Pode escrever
É com você
O meu lugar

Como o tema de Ariel já tem duas letras brasileiras devido a redublagem que o filme teve em 1998, essa fica sendo a terceira! Como faz pra decorar tudo e não se embaralhar? kkkk Assista abaixo as duas versões do filme, a original de 1989 por Gabriela Ferreira e a de 1998 por Kiara Sasso (saiba mais clicando aqui!).

A música do Sebastião, Aqui no Mar, virou No Nosso Mar e as mudanças não são tão “drásticas”. Na voz de Tiago Abravanel, ela continua sendo um tema bem contagiante, cheio de referências a peixes que vivem em nossas águas e instrumentos musicais tradicionais.

Fabi Bang (Ariel) e Tiago Abravanel (Sebastião)

Fabi Bang (Ariel) e Tiago Abravanel (Sebastião)

NO NOSSO MAR

As algas são bem mais verdes
Nas águas de outro mar
A terra parece um sonho
Mas vai te desapontar
Percebe esse mundo incrível
Com tanto pra oferecer
O mar é irresistível
Que mais que você quer ter?

No nosso mar
No nosso mar
O mundo aquaso é mais gostoso, pode apostar
Lá eles ralam sem parar
Não sobra tempo pra gastar
Enquanto a gente nada contente no nosso mar

Os peixes no balneário são livres pra ir e vir
Mas se eles vão pra um aquário jamais voltam a sorrir
Alguns tem até mais sorte, só servem pra aparecer
Mas quem for apetitoso vai pra um prato com dendê

No nosso mar
No nosso mar
Não tem surpresa
Nem milanesa para o jantar
Quem vai querer sair daqui pra ser casquinha de siri?
Sinta a alegria da maresia no nosso mar

No nosso mar
No nosso mar
Entre na cola dessa marola e vem dançar
Nem a arraia e o (?) fogem da raia da canção
Vem na levada da batucada no nosso mar

Já tem acará tocando ganzá
Já tem bacalhau no seu berimbau
Já tem lambari no seu caxixi
E o cação no seu violão

Tem tucunaré tocando afoxé
Tem tetra-neon no acordeão
Tem peixe arlequim no seu tamborim
Salmão no seu pistão

No nosso mar
No nosso mar
Quando o cardume sobe o volume é pra cantar
A vida lá é tão sem sal
No nosso mar nós temos coral
Tem o molejo do caranguejo no nosso mar

Vem na atoada do peixe-espada
Vem no gingado do namorado
E a corrente fica mais quente
Pode ter lama
Mas não tem (?)
No nosso mar

Outra música famosa interpretada por Sebastião é Beije a Moça, que agora se chama Um Beijo Seu.

apequenasereiabwaybr03

UM BEIJO SEU

Ela é linda
Veja a luz do seu olhar
Não é muito de falar
Mas exala um encanto
E sem perceber você quer se envolver
Só falta um beijo seu

Não se engane
Ela mexe com você
Há um jeito de saber se ela sente o mesmo
Não precisa ouvir
Só precisa agir
Dá logo um beijo seu

Sha lalá não sei, não
Cadê a emoção
Só falta um beijo seu
Sha lalá não vai dar
A chance vai passar
Sem esse beijo seu

Sob a lua
Tudo pode acontecer
Não há tempo a perder
A hora é agora
Tente se arriscar
Ela só vai falar depois de um beijo seu

Sha lalá vai sem dó
Ela precisa só
Ganhar um beijo seu
Sha lalá dá pra ver
Que ela quer saber
Como é um beijo seu

Sha lalá vai rolar
É só você chegar
E dar um beijo seu
Sha lalá a canção
Tocou seu coração
E pede um beijo seu

Dá logo um beijo seu
Só falta um beijo seu

A música tema de Úrsula, interpretada no musical pela premiada Andrezza Massei, de “Corações Infelizes” virou “Escravos da Dor”. A personagem ainda insere em suas falas várias gírias atuais como “bofe” e faz referência ao “bela, recatada e do lar”.

Foto por Caio Gallucci

Foto por Caio Gallucci

ESCRAVOS DA DOR

Eu confesso que eu era uma peste
Não a toa me chamavam bruxa má
Mas eu juro que eu mudei
Na fé eu encontrei a força pra me reabilitar
Eu? Sim!

E por sorte entendo um pouco de magia
É um dom que eu dedico só pro bem
E não vale me gongar
Eu uso pra ajudar
Os coitados, infelizes, sem ninguém

Eles são meus escravos da dor
Pra que sofrer?
Uma quer perder o peso
O outro quer desencalhar
Se eu ajudo? Pode crer

São meus escravos da dor
Pra que chorar?
Eles correm pro meu colo
E gritam Ai vem me ajudar
Se eu ajudo? Só chamar

Mas já teve uma vez
Que o calote de um freguês
Me obrigou a torturar o traidor
Mas não podem reclamar
É Deus no céu e eu no mar
Para os meus escravos da dor

Os homens não suportam tagarelas
Garota fofoqueira é uó
E não vai desencalhar
Ficando só de blablablá
Então já sabe
Fecha o bico que é melhor

Amor, o peixe sempre morre pela boca
Que bofe que aguentar escutar?
Mas vai dar seu coração
Se a moça em questão
For bela, recatada e do lar

Agora minha escrava da dor
Vamos lá, cá pra nós
Eu não faço hora extra
E a fila tem que andar
Dou meu preço
A sua voz

Não seja escrava da dor
Não tem porque
Tudo em volta tem seu preço
Todos tem o seu valor
O contrato ta na mão
É a sua chance pro amor
(Já mordeu a isca da mamãe)

Te livre do horror
De ser escrava da dor

Já havíamos adiantado nesse post sobre o musical que as canções ganhariam um toque brasileiro, e realmente, só pelas letras a gente percebe que é bem BR mesmo, chegando até a ser informal demais.

E vocês, o que acharam? A Pequena Sereia fica em cartaz até o dia 29 de julho, no Teatro Santander, em São Paulo. As sessões acontecem de quinta e sexta às 21h, sábados às 16h e às 20h e aos domingos às 15h e às 19h. Compre ingressos aqui!





Camila Gomes





5
mar
Os ovos de páscoa de sereias de 2018
em: Compras

Falta menos de um mês para a Páscoa e felizmente trazendo opções para nós, sereias e tritões que amam chocolate e brindes *sereísticos*! Esse ano nossos amigos e familiares terão duas alternativas para nos agradar, hauhau! Vem ver:

pascoa2018

O primeiro é da Cacau Show, que em parceria com a Capricho, lançou um kit de miniovinhos de chocolate com recheio de brigadeiro que vem com uma bolsa de concha. Vende em qualquer loja da Cacau Show com preço a partir de R$54,90. A embalagem é a coisa mais linda!

pascoa2018_cacaushow02

São três opções de cores da bolsa: dourada, holográfica prateada e rosa. A bolsa é bem pequenininha, do tamanho da palma da minha mão aberta, mas um charme!

pascoa2018_cacaushow01

A segunda opção dessa páscoa já é fixa de todos os anos: o ovo da Ariel da marca exclusiva das Lojas Americanas. Dessa vez, o brinde é uma escovinha de cabelo bem fofa e caprichada, porém pequenininha, serve pra boneca ou só pra enfeite. Ele é encontrado apenas nas Lojas Americanas e custa por volta de R$35. 

pascoa2018_ariel03

pascoa2018_ariel02

pascoa2018_ariel01

Todos os anos, desde 2013, as Lojas Americanas têm em seu catálogo o ovo de chocolate da Pequena Sereia, e a cada ano eles melhoram o brinde. Abaixo, todos que eles já lançaram (com excessão do primeiro que, na época, eu não consegui encontrar).

pascoaariel

Bonequinha com vestido (2014); Copo (2015); Baú rosa (2016); Clutch verde (2017) e Escova de cabelo (2018).

E aí, qual vai ser a pedida desse ano? Feliz Páscoa *sereística*, pessoal!

pascoa2018_brindes





Camila Gomes





5
fev
Mais informações sobre a versão brasileira de A Pequena Sereia da Broadway

🎶 “Eu quero ver um homem sambando e caminhando na… como se chama? Sapucaííí!!!” 🎶

É mais ou menos isso que podemos esperar da versão brasileira do espetáculo da Broadway A Pequena Sereia. Quer dizer, não tão literalmente assim, acima foi só uma brincadeirinha mesmo, uahuaha. É que ontem foi publicado no Estadão uma reportagem contando detalhes da produção, onde é revelado que o show por aqui terá toques brasileiros em canções e sotaques.

apequenasereia_musical_elenco02

Elenco de A Pequena Sereia. Foto: JF Diorio/Estadão

Como já havíamos adiantado nesse post aqui, a Walt Disney Theatrical, responsável pelas montagens teatrais de seus clássicos, deu cartão verde para a produtora IMM e isso significa que o musical brasileiro não tem obrigação de ser uma réplica exata da versão norte-americana. Em outros países, algumas das alterações foram em figurino e cenário (e em muitas delas a ausência de certas canções), mas por aqui os fãs vão sentir mais diferenças (e isso não deve ser considerada uma má notícia!).

Lucas Cândido (Linguado), Tiago Abravanel (Sebastião) e Fabi Bang (Ariel). Foto: JF Diorio/Estadão

Lucas Cândido (Linguado), Tiago Abravanel (Sebastião) e Fabi Bang (Ariel). Foto: JF Diorio/Estadão

Além de uma percussão mais forte, a melodia das músicas trarão vestígios de samba e música baiana, especialmente o som do berimbau. Sebastião, por exemplo, que será interpretado por Tiago Abravanel, irá substituir seu sotaque jamaicano original pelo sotaque nordestino. Sabendo disso, eu suponho que a canção Aqui No Mar soe mais parecida com a versão de Diogo Nogueira, gravada para o álbum Disney Adventures in Samba, em 2010 (eu amo!).

E não é só no repertório musical que teremos novidades. A montagem brasileira promete trazer mais coisas inéditas, e isso inclui o modo como o universo marítimo será representado. Nos Estados Unidos, os atores andavam de patins, mas nas produções mais recentes de outros países, a técnica foi substituída por cabos que levantavam os artistas, simulando os passeios no fundo do mar.

Assista abaixo dois exemplos de ambas as técnicas. O primeiro vídeo contem cenas da versão norte-americana com o uso de patins, e o segundo é a versão japonesa com o uso de cabos.

Com a divulgação do pôster oficial e de uma foto de Fabi Bang (Ariel) nos ensaios, muitos já estão especulando que o figurino se aproxime mais da versão japonesa (que também foi utilizado nas montagens da Holanda, Rússia e Canadá) e que a simulação seja feita com figurantes “vestidos de água” carregando os atores. Mas vale lembrar que isso tudo é especulação, uma vez que nenhum desses detalhes foram confirmados ainda. Eu só continuo torcendo para que não usem o cabelo espetado, de resto tô super confiante que teremos um verdadeiro espetáculo! E o melhor de tudo: totalmente exclusivo.

apequenasereia_ensaio_fabibang

A estreia de A Pequena Sereia será no dia 30 de março e fica em cartaz até o dia 29 de junho no Teatro Santander, em São Paulo. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site Ingresso Rápido ou na bilheteria do local.

apequenasereia_musical_poster

Nos vemos lá! 😀





Camila Gomes