19
jan
Resenha de livro – Sereia Negra por Vinícius Grossos
em: Cultura

“Sereia Negra” é um livro nacional escrito por Vinícius Grossos e lançado pela editora Selo Jovem. Nele nós conhecemos a história de Inês através de sua própria visão, contada em primeira pessoa.

sereianegra01

Inês é uma garota brasileira de 15 anos, negra e órfã, que vive com o avô e sofre diariamente com o racismo e a falta que uma família faz a uma adolescente.

Por causa da sua revolta com a vida, Inês se vê completamente diferente das pessoas ao seu redor. Odeia a tudo e a todos e prefere se esconder em seu quarto, sempre solitária, atrás de seus fones de ouvido que só tocam rock e heavy metal. No dia de seu aniversário, a jovem resolve tomar atitudes que, de acordo com ela, mudariam sua vida, entretanto mal sabe Inês que o destino a reservava mudanças muito maiores do que ela poderia imaginar.

Depois de ser engolida por uma onda gigante, Inês se torna uma sereia e começa a descobrir segredos de sua família e seu passado. Ela continua sofrendo com o fato de se sentir diferente perante os outros, afinal é a única sereia negra da história, mas agora carrega nas costas o fato de uma lenda que a aponta como sendo a salvadora de todo o reino aquático.

Durante toda a leitura logo se é percebido que Inês esconde sua depressão profunda tentando se mostrar como uma garota durona. E por sempre tentar disfarçar esse sentimento, ele acaba se tornando maior e mais forte. Quando terminei o livro eu tinha lágrimas nos olhos, pois apesar do final feliz e da batalha épica e sobrenatural que Inês se submeteu, o sofrimento que ela passa é igual a de milhões de brasileiros.

sereianegra02

“Sereia Negra” é o primeiro livro do autor Vinícius Grossos e, na minha opinião, ele já começou com o pé direito. Há muita ação da primeira página até a última, e ele soube equilibrar realidade de ficção, nos fazendo mergulhar em forma de metáforas por dentro dos preconceitos que muitas pessoas enfrentam.

A mensagem final é fantástica, e me permito finalizar a resenha com uma passagem da obra:

“A perfeição não é algo moldado ou único. A perfeição tem vários tons e sua variável é infinita. O que é perfeito para alguém não é perfeito o outro, e assim continua esse ciclo eterno.”





Camila Gomes





1
dez
Resenha de livro – Transparente por Caio Sancha
em: Cultura

O Caio Sancha é um jovem escritor brasileiro que lançou seu primeiro livro de forma independente, através do site Clube de Autores. Ele nos enviou uma mensagem em nosso Facebook divulgando seu trabalho, no qual eu conferi e agora estou aqui para contar pra vocês 😀

“Transparente” se passa na Ilha do Abraão, no Rio de Janeiro, e conta como as histórias de Pedro, filho de pescador, e da sereia Maena, se cruzaram. 

transparentecaiosancha02

Pedro tem 18 anos, é filho único e, apesar de ser um rapaz atraente, nunca se sentiu a vontade com garota alguma. Seu melhor amigo é seu vizinho Felipe, e diferente de todos os meninos de sua idade, o passatempo preferido da dupla era ficar na casa de Dona Nâna, uma senhora viúva de 59 anos que eles viam como avó. Nâna perdera uma filha há 20 anos em um acidente de barco, e acredita piamente que fora obra de sereias. Por causa disso, ela nutre uma fascinação imensa por essas criaturas, a deixando com fama de louca por toda a vizinhança.

Os meninos nunca deram bola para as histórias de Nâna, mas isso muda quando Pedro encontra Maena perdida na praia. A misteriosa garota rouba seu coração instantaneamente e ele faz de tudo para conquistá-la. Quando os três, Pedro, Felipe e Nâna, ficam sabendo da verdade sobre ela, se juntam em uma missão que até então achariam improvável, e a ajudam a descobrir mais sobre seu passado e sua espécie.

transparentecaiosancha01

Levando em consideração que é um livro independente, eu posso afirmar que o Caio tem futuro na carreira! O romance pré-adolescente mostra como o autor amadureceu em sua própria obra, e você sente isso vendo a diferença do primeiro ao último capítulo. Infelizmente, ao terminar, ele nos deixa com várias perguntas abertas, mas a boa notícia é que “Transparente” já tem uma continuação por vir – e eu estou ansiosa por ela!

Recomendo que vão atrás do livro, pois é uma forma de dar uma força a esse novo escritor e também de popularizar contos de sereias no país. Afinal, por incrível que pareça, é algo raro por aqui dentro da literatura contemporânea!

Se você se interessou, o link para compra, tanto em formato PDF como impressa, é esse aqui.

Curiosidade: Quando terminei de ler “Transparente”, recebi uma mensagem no Facebook do Sereismo da leitora Lorrane Rodrigues, que contou uma história incrível de seus avôs, que afirmam já ter visto uma sereia. Claro que pedi para ela me explicar melhor, né?! Então ela me disse que tudo aconteceu há muitos anos, quando eles foram pescar de madrugada na Ilha do Abraão. Sim, mesmo lugar onde se passa a história do livro do Caio! Achei uma coincidência tremenda e muito impressionante! De certo sereias são lendas fortes no local, mas fiquei abobada da forma como as coisas “se casaram”…Um dia depois de eu ter terminado o livro a Lorrane me contar isso… Adoro! <3





Camila Gomes





24
nov
Videoclipes com sereias

Teve uma época que postei um monte de videoclipes de artistas variados que continham sereias na nossa fanpage do Facebook, lembram? Um monte de gente colaborou mandando links também (adoro!), então vi que é algo que a galera se interessa e resolvi montar um post com todos eles! 😀

Solta o play!

Começando com a Rainha, lógico, né?! No clipe de “Cherish”, de 1989, dá a entender que a Madonna é mãe de um tritãozinho, fruto do seu amor com um tritãozão! hehe

Sade – No Ordinary Love, de 1992. Nele, a cantora principal é uma sereia estilo Ariel: se apaixona por um homem e troca sua cauda por pernas pelo seu amor. Detalhe que ela toma até água com sal quando ta no mundo dos humanos huahaua Adorei esse detalhe!

Carly Rae Jepsen – Part Of Your World, de 2013. O clipe está na seção de bônus do blu-ray edição diamante de “A Pequena Seria”, lançado no mesmo ano. Nele, Carly interpreta uma Ariel no mundo moderno e há várias referências ao filme!

Essa banda tem sereia até no nome! Sirenia, banda noruguesa feminina de metal gótico, merecia até um post especial, né?! Seu sexto álbum, intitulado “Pearls of the Deep Blue” (em português: “Pérolas do Azul Profundo”) tem uma sereia na capa e o clipe acima, da canção “Seven Widows Weep”, conta com sereias e vikings. Demais!

Prince Royce – Darte un Beso, de 2013.

EME-15 – Solamente Tú, de 2012.

U2 – Electrical Storm, de 2002.

Los Hermanos – Cara Estranho, de 2003.

Train – Mermaid, de 2013.

Queen Mimosa – Ville Sous Marine, de 2010.

Orange Caramel – Catallena, de 2014. Banda coreana.

Ash Grunwald – Give Signs, de 2006. Ash é um cantor australiano e a sereia em seu videoclipe é ninguém menos que Hannah Fraser, também australiana e uma das sereias profissionais mais famosa desse universo!

Lady Gaga – You and I, de 2011. Amoooo essa música! A Lady Gaga tem uma relação séria com sereias, já afirmando que um de seus alteregos é uma, mas isso é assunto pra outro post! Em breve farei um só pra ela aqui :)

Outras cantoras que já foram sereias em seus clipes são a Thalía e a Azealia Banks, já falamos sobre elas aqui e aqui.

Tem algum outro clipe com sereias que vocês conhecem que ficou de fora? Mandem nos comentários! 😀 E milhões de obrigadas a todos que deram sugestões <3

ATUALIZAÇÃO: A cantora Kerli lançou hoje, dia 25 de fevereiro de 2016, um clipe em que se transforma em várias criaturas mágicas. É lógico que não faltaria a representação da sereia, afinal a estoniana é fanática igual a gente! E é óbvio que não poderíamos deixar de atualizar esse post incluindo esse clipe lindo!





Camila Gomes