4
maio
Hashtag #MerMay convida artistas a desenharem sereias durante o mês

O artista Tom Bancroft teve a melhor ideia de todas. Ele criou a hashtag #MerMay, a junção da palavra Mermaid com May (mês de maio, em inglês). A ideia é convidar ilustradores ao redor do mundo a desenharem e postarem uma sereia por dia em seus Instagrams durante o mês, marcando a hashtag. Não é demais?! Sereias estão, realmente, dominando o mundo!

Muitos já aderiram e criaram sereias e tritões da própria imaginação, outros se baseiam em personagens conhecidos ou profissionais desse ramo aquático e mágico. Vem dar uma olhada no que já surgiu com essa campanha sensacional:

#mermaid #sketches in preparation for #mermay

Uma foto publicada por Jill Carpin (@jillcarpin) em

 

Estamos só no quarto dia do mês e já tem muitas imagens legais por aí! Para compartilhar e acompanhar, fiquem de olho na hashtag #MerMay no Instagram! 😉





Camila Gomes





2
maio
As sereias de Amy Brown

Vamos de arte hoje? A artista do dia é a Amy Brown. Ela começou sua carreira em 1992, quando pintou fadas pela primeira vez. Na época ela não imaginava que isso fosse tornar a sua profissão e, depois de vender sua arte em feiras locais, decidiu abrir uma loja online para alcançar mais pessoas ao redor do mundo. As fadas tem um significado muito profundo para a Amy, e como criaturas míticas são sua maior inspiração, as sereias também estão inclusas. 

amybrown01

amybrown02

amybrown03

amybrown04

Ela gosta tanto de fadas que alguns elementos podem ser vistos até nas ilustrações de sereias, repararam?! Suas obras são todas em aquarela e estão todas protegidas por copyright, portanto nada de sair copiando sem dar os créditos, hein?! Para quem se interessou, tem muito mais – e disponível para compra – no site oficial da Amy Brown.





Camila Gomes





28
abr
O Balé da Pequena Sereia – Pieni Merenneito por Kenneth Greve
em: Cultura

Olá pessoal! Pra quem não me conhece eu sou o Tritão PH, e esse é meu primeiro post como colaborador aqui no Sereismo <3

Como alguns de vocês devem saber, houve um lindo show de ballet lá na Finlândia inspirado em “A Pequena Sereia” (Pieni Merenneito coreografado por Kenneth Greve), e todos nós queríamos ver, mas além de não entendermos nada de Finlandês, não havia nenhum vídeo, nada online. Mas finalmente tiveram a bondade de postar o espetáculo completo (infelizmente sem tradução) num site streaming. Segue aqui o link para assistir, mas já que muitos não poderão comparecer ou mesmo assistir online, que tal a tradução do folhetim do balé distribuído para o público com o resumo do ballet? Vamos a ele:

balletfinlandes01

  • ATO 1

Era uma vez um escritor chamado Hans Christian Andersen, que estava incumbido de realizar uma difícil tarefa: ele tinha que criar uma história de ballet, que possuiria vários convidados reais. O príncipe e a princesa deveriam passar o mesmo tempo juntos que seria do predestinado casamento.

A parte da dança, no entanto, não lhe foi possível registrar, pois ele não era um bom dançarino. Todos os bailarinos caçoavam dele, enquanto o Príncipe era o único que entendia o deprimido escritor. Após ter uma conversa com Andersen perto da praia, o Príncipe escorrega do longo píer e cai na água.  Exatamente quando ele estava prestes a se afogar, alguém o salvou e o levou para a praia. Era a Pequena Sereia.

Seus lábios suaves sopraram ar para os pulmões do pobre príncipe inconsciente. Ao mesmo tempo, a Sereia sentiu um estranho sentimento crescer dentro de si. Ela queria ficar com o príncipe e fazer parte de seu mundo. Andersen entendeu o desejo dela e percebeu que ele mesmo também possuía o desejo de mudar. Juntos, eles foram se encontrar com a Bruxa do Mar, que tinha a capacidade de realizar desejos em troca do que Andersen e a Sereia tinham de mais valioso.

Andersen prometeu dar-lhe seus contos e lhe foi dada uma poção mágica que lhe daria o poder de fazer dele o melhor bailarino. A Pequena Sereia estava disposta a perder sua linda voz e, após tornar-se humana, ela não pôde mais expressar seus sentimentos.

  • ATO 2

A Pequena Sereia participa dos ensaios do ballet real, e o Príncipe se apaixona por ela. Os convidados bailarinos nada disseram, apenas a Princesa percebeu que teria que utilizar da magia para manter o Príncipe para si própria. Ela roubou a poção de Andersen e pôs vinho em seu frasco, fazendo que as expectativas de Andersen de se tornar o mestre da dança tornassem-se desastrosas. A Princesa dançou lindamente, deslumbrando o Príncipe e fazendo-o esquecer-se da Pequena Sereia, que não podia falar de seu amor por ele.

As irmãs sereias, então, decidiram salvá-la e foram até a Bruxa, pedindo que ela desfizesse sua mágica. A Bruxa concordou, em troca dos cabelos de uma delas e de que o Príncipe deveria ser morto. Ela apareceu no casamento do Príncipe e da Princesa e atacou o noivo.

A Pequena Sereia pulou na frente do Príncipe e o punhal, tendo uma morte devastadora. No entanto, o rosto sem vida da Pequena Sereia permaneceu com um sorriso, pois ela havia finalmente expressado seu amor pelo Príncipe.

balletfinlandes03

Apesar de não ser o que muitos esperavam, o espetáculo não deixa a desejar. Os cenários são muito bem planejados e com jogos de filmagens num telão atrás dos bailarinos, tornando o nosso envolvimento com a cena mais profundo.

balletfinlandes02

A adaptação da história não foi das mais fiéis, mas ao menos vimos trechos dos mais famosos contos de Andersen, e mantivemos a mesma aura de beleza e melancolia da história original da Pequena Sereia. Como alguns fãs disseram, é realmente uma obra impactante. Recomendo para todos que gostam de Andersen, do mundo das sereias e de um belo espetáculo de ballet.

Por Ph Amâncio

Siga o Ph no Instagram





Camila Gomes