24
jun
Grafiteira pinta sereias idosas em muros para empoderar mulheres

Deborah Erê é uma grafiteira paulista que há cinco anos mora em Manaus. Ela começou a grafitar aos 18 anos e, aos 23, teve a ideia de unir sua paixão pela arte e o desejo de empoderar mulheres reais. Para isso, Deborah escolheu a figura das sereias. Através delas ecoa o grito da artista contra a imposição dos padrões de beleza e opressão feminina no dia a dia.

deborahere01

Chamadas de “Senhoras Sereias”, as sereias de Deborah não tem belos cabelos longos e corpos esculturais. As inspirações dos rabiscos nos muros surgem da vivência da grafiteira como mulher.

“As sereias são sempre poderosas e ‘bonitas’ dentro do padrão de beleza. A gente sempre vê na rua muitas propagandas com mulheres modelos, mas nunca com uma velha, uma gorda. A ‘Senhora Sereia’ foi criada para representar essas mulheres. Eu queria que ela fosse velha, mas ao mesmo tempo demonstrasse beleza, sabedoria, poder. Uma mulher velha, mas linda e que reluz, brilha de sabedoria. A mulher é cobrada para ser perfeita, bonita, boa dona de casa, boa profissional, boa mãe. Na hora que eu vou para o muro, eu sempre penso muito nelas, no que nós passamos e isso traz reflexões. Não que o grafite retrate a opressão que a mulher sofre. A ideia é representar as mulheres de forma poética e empoderada para que elas se reconheçam e vejam que têm espaço, que a rua também pode ser delas. Quero que as mulheres se reconheçam no grafite e se sintam poderosas. É o que todas nós somos.” – Deborah Erê

deborahere02

deborahere03

E é isso que eu quero dizer quando as pessoas perguntam “por que sereias?“. As sereias são muito mais que cabelos coloridos e compridos e enfeites de conchinhas. Sereias podem representar feminismo, mudança, empoderamento do próprio corpo. E que elas continuem inspirando muitas outras mulheres talentosas como a Deborah <3

Fonte: G1





Camila Gomes





21
jun
Coleção Sereismo da Raposa de Cerejeira Biscuit
em: Compras

Conheci a Mônica Queiroz em um grupo sobre sereias no Facebook, quando ela postou uma coroa de conchas que ela mesma tinha feito. A paulistana de 21 anos usa seu super talento para criar acessórios e enfeites em biscuit e desde outubro de 2013 se tornou artista plástica e criou sua marca Raposa de Cerejeira. Lá ela deposita todos os seus sonhos de infância que incluía trabalhar com mundos mágicos, como o das sereias!

moxyraposa04

Tanta gente do grupo pirou na coroa que ela teve a ideia de fazer uma coleção intitulada Sereismo. Entre os produtos vendidos estão caixinha de corais, colar de cauda de sereia, pingentes de sereias e outros animais marinhos e até da concha da Úrsula. Muito lindo!

moxyraposa01

moxyraposa02

moxyraposa03

Recebi de surpresa o pingente da Úrsula e quase desmaiei de alegria! É o mais perfeito que já vi, sério! Tirei foto temática na mesma hora porque eu sou dessas que se empolga real.

moxyraposa_colarursula_camilagomes

Além de ter alguns em pronta-entrega, a Mônica também aceita encomendas sob medida, feitas exclusivamente do jeito que o cliente quiser :)

Gostaram da dica?

* publicidade





Camila Gomes





4
maio
Hashtag #MerMay convida artistas a desenharem sereias durante o mês

O artista Tom Bancroft teve a melhor ideia de todas. Ele criou a hashtag #MerMay, a junção da palavra Mermaid com May (mês de maio, em inglês). A ideia é convidar ilustradores ao redor do mundo a desenharem e postarem uma sereia por dia em seus Instagrams durante o mês, marcando a hashtag. Não é demais?! Sereias estão, realmente, dominando o mundo!

Muitos já aderiram e criaram sereias e tritões da própria imaginação, outros se baseiam em personagens conhecidos ou profissionais desse ramo aquático e mágico. Vem dar uma olhada no que já surgiu com essa campanha sensacional:

#mermaid #sketches in preparation for #mermay

Uma foto publicada por Jill Carpin (@jillcarpin) em

 

Estamos só no quarto dia do mês e já tem muitas imagens legais por aí! Para compartilhar e acompanhar, fiquem de olho na hashtag #MerMay no Instagram! 😉





Camila Gomes