17
nov
A série live-action Little Mermaid’s Island

Hoje é aniversário de 28 anos do lançamento do clássico Disney A Pequena Sereia. Ele marcou a chamada “era do renascimento” do estúdio e, além de ter originado mais duas continuações e um seriado animado, também quase virou uma série live-action.

littlemermaidsisland

Little Mermaid’s Island foi um projeto proposto por Jim Henson em 1990 durante uma reunião com a The Walt Disney Company. Seria um spin off do filme original, só que com atores reais. Dois episódios foram gravados, incluindo a música de abertura, mas nunca foram ao ar.

Os episódios, intitulados “O Aniversário de Sebastião” e “Diga a Verdade”, contavam com atores interagindo com fantoches em um cenário chroma key. A Ariel foi interpretada por Marietta DePrima, e o ator Clive Revill viveu uma versão mais jovem de Grimsby, que na série era um capitão de navio que vivia numa ilha próxima de Ariel. Os personagens que apareceriam como fantoches eram Linguado, Sebastião, Sabidão, Pedro e Juca, e ainda introduziriam Sandy, a irmã gêmea de Linguado.

A ideia do projeto era que a série fosse ao ar diariamente no Disney Channel, e cada episódio teria 4 números musicais. Infelizmente, Jim Henson faleceu dois meses depois que as gravações começaram, e o programa foi deixado de lado. Alguns anos depois, em 1992, a Disney lançou a série televisiva animada A Pequena Sereia, que tinha basicamente a mesma proposta do live-action, porém sem relação com esse projeto, e permaneceu no ar até 1994 (e que os fãs da Ariel amam e são nostálgicos até hoje!).

Gostaram dessa curiosidade? Quase tivemos uma Ariel de verdade! Agora é continuar torcendo para que pelo menos uma versão live-action do filme saia (boatos não faltam, mas a Disney continua sem confirmar nada).





Camila Gomes





31
out
Úrsula, a Bruxa do Mar

Chegou o Dia das Bruxas e nós não poderíamos deixar de falar dela: A Bruxa do Mar.

ursula01

Na história original de A Pequena Sereia, a bruxa do mar é uma personagem mais neutra, enquanto no desenho da Disney, a Úrsula foi projetada para ser uma antagonista direta com interesse em dominar o reino de Atlântica. Nos primeiros rascunhos, Úrsula seria uma outra criatura do mar, um peixe-leão ou teria aparência de serpente, mas pela imponência da personagem, os desenhistas optaram por uma cecaelia. Cecaelia é uma criatura mitológica, lê-se Cecília, que significa tronco de mulher e “pernas” de polvo ou lula. Também são chamadas de Octopus Sereia ou Octopus Humana. Embora uma lula tenha 10 tentáculos e um polvo tenha 8, Úrsula tem 6 pelo baixo orçamento da produção e também pela dificuldade em animar 8 tentáculos, mas sendo contado os 2 braços junto aos 6 tentáculos, a Úrsula, então, contém os 8 membros de um polvo.

ursula02

O termo cecaelia foi difundido pela personagem Cília, da comic Vampirella, um quadrinho dos anos 70. A personagem Cília não tinha relação direta ao próprio Vampirella e a história começa com Cília resgatando os dois últimos sobreviventes de um naufrágio:

cilia

“Não tenha medo, mortal, eu sou um habitante inofensivo dos mares, uma cilofita, meu povo salvou muitos de vocês que estavam prestes a se afogar”

“Após o naufrágio do cargueiro Davy Jones, apenas o capitão e um marinheiro sobrevivem após serem deixados em uma plataforma, ambos inconsciente. O capitão se recupera primeiro e decide explorar o nevoeiro formado quando encontra uma mulher chorando e lhe oferece ajuda. Assim que o nevoeiro se dissipa, ele fica horrorizado ao perceber que a mulher é um híbrido com um polvo. Ela o acalma explicando que está perdida e que resgatou ambos após o navio afundar. O capitão confia na Cília e ela os ajuda, fornecendo água e comida até eles retornarem para suas casas. A cília no entanto, continua perdida, então o capitão oferece que ela transforme a Inglaterra em seu lar para ficar junto dele. Ela aceita e o capitão quase nunca é visto pelo povoado e quando o encontram, ele está completamente molhado. As especulações no vilarejo sobre a mulher do capitão começam a se espalhar, quando um pequeno grupo de pescadores resolvem sequestrar a Cília. Quando o capitão a encontra amarrada e espancada, já é tarde para reverter as lesões e a Cília morre. O capitão entra em desespero e devolve o corpo da amada ao mar e some junto com ela. Mais tarde, o barco com os pescadores que mataram a Cília foi encontrado com os corpos mutilados, que o vilarejo interpretou como vingança das Cilofitas.”

Nesta história, a Cecaelia não é propriamente a bruxa/vilã, mas o conceito da arte remete a nossa vilã da Disney. A aparência da Úsula também foi inspirada na Drag Queen Divine. Embora a artista tenha falecido em 1988, Pat Caroll, a dubladora oficial, diz ter se inspirado em toda a teatralidade e o lado cômico que a personagem nos traz. Já a inspiração para a sua capacidade de enganar vem dos vigaristas vendedores de carro usado. Por aqui no Brasil, nossa Zezé Motta não deixou de nos passar a mesma sensação.

divinedrag

Queen Divine – Só acho que alguma drag de RuPaul deve ser a escolhida para Úrsula caso haja um live action!

Parentescos

Nos extras do DVD Diamante de 2013 da Pequena Sereia, é revelado que a ideia inicial da Disney era de que Úrsula fosse irmã do Rei Tritão, sendo portanto tia de Ariel. Essa ideia foi descartada no desenho, mas aproveitada no musical da Broadway de 2009, conforme revelado na música “I Want the Good Times Back”.

No musical, Tritão e Úrsula estão no leito de seu pai que está falecendo e ele deixa para o filho o tridente, e para Úrsula, a concha que ela usa como pingente, para que juntos pudessem governar o mar. Úrsula, com sua sede de poder, se revolta com o presente deixado por seu pai e se vira contra o irmão. Em algumas versões da história, Úrsula é uma sereia e, por sua ganância, acaba se transformando em um ser horrível. Outra diferença do musical para a animação é que quem acaba com Úrsula é Ariel, quando ela destrói sua concha mágica (que eu considero um final melhor do que ser atropelada por um navio naufragado).

Falando em Broadway, vale lembrar que em março teremos a adaptação do espetáculo no Brasil e vocês podem acompanhar as novidades nesse post aqui.

ursulabroadway

Para enterrar de vez a teoria de que Úrsula e Tritão seriam irmãos, a Disney resolveu lançar uma continuação da animação em 2000. Em A Pequena Sereia 2, a vilã principal é a cecaelia Morgana que promete vingar a morte da irmã mais velha; e a protagonista é Melody, a filha humana de 12 anos de Ariel e Eric que sonha em ser sereia.

Apesar de ser irmã de Úrsula, eu acho Morgana mais semelhante a Malévola, a vilã de A Bela Adormecida, por conta de sua pele esverdeada e por ter invadido um batizado para lançar uma maldição. Além disso, sua aparência esguia a faz parecer mais com uma lula.

morgana_apequenasereia2

Durante o filme, Morgana revela que Úrsula sempre foi a favorita da sua mãe e seu objetivo é superar os feitos da irmã. Por essa perspectiva, podemos concluir que a mãe de Morgana e Úrsula é quem foi expulsa de Atlântica e incentivou suas filhas a retomarem o poder do fundo do mar. Úrsula acabou se destacando, mas é como se fosse uma “família de bruxas do mar”.

apequenasereia2_morganaeursula

Aparições

No telefilme da Disney Channel Descendentes 2, a voz de Úrsula é feita pela atriz Whoopi Goldberg e, infelizmente, somente os seus tentáculos aparecem, mas somos introduzidos à sua filha Uma, que já falamos sobre um pouco mais nesse post aqui. A Uma também é uma cecaelia e se transforma ao final do filme. Ao contrário da protagonista que é filha de Malévola, Uma não se tornou boazinha e promete retorno.

uma_descendentes2

A Úrsula também é a principal antagonista na série de TV dos anos 90 A Pequena Sereia. Os episódios em que ela aparece são “Contra a Maré”, “Siri Melhor Quem Siri Primeiro”, “Heróis” e “Os Tesouros de Ariel”. Eu lembro vagamente que no seriado fica implícito que a Úrsula tentou replicar o tridente de tritão, e por esse motivo foi banida de Atlântica. Esse é um dos mistérios que cercam a história da bruxa até hoje, ninguém sabe ao certo o porque ela foi banida. Ano passado foi lançado o livro sobre Úrsula da série de vilões da Disney da escritora Serena Valentino (tem resenha aqui), mas a pergunta continua sem resposta.

Outras aparições no Disney Channel incluem Point do Mickey, A Casa dos Vilões e o seriado Hércules (se formos considerar a mitologia grega, faz sentido essa aparição, né!).

ursulacameos

Já na série da ABC Once Upon a Time, Úrsula aparece em três diferentes formas. A primeira acontece no sexto episódio da terceira temporada, quando Regina se disfarça de bruxa do mar para tentar ludibriar Ariel com a finalidade de destruir Snow. Dentro dessa narrativa, Úrsula é apenas um mito, uma deusa do mar. Para conseguir o que quer, Regina fingiu ser Úrsula dando as tão sonhadas pernas para Ariel para fazer com que ela a entregasse Snow. Como Ariel decide não trair a confiança da amiga, ela se torna novamente uma sereia e sem a sua voz, fazendo com que ela não conseguisse se encontrar com Eric.

onceuponatime_ursularegina

A atriz intérprete de Regina, Lana Parilla, confessou ser muito fã de Úrsula e pediu para a produção que pudesse ser, por um episódio, a bruxa do mar. No fim do mesmo, descobrimos que a verdadeira Úrsula existe, e ela aparece ameaçando Regina por ter se passado por ela. Depois disso, a personagem ressurge apenas a partir do décimo episódio da quarta temporada, e é quando tem maior destaque.

onceuponatime_ursula02

No episódio quinze, intitulado Poor Unfortunate Souls (título da música tema da vilã na animação da Disney), conhecemos uma jovem Úrsula sereia que se torna incapaz de cantar depois que seu pai, Poseidon, descobre que ela se envolveu com humanos. O castigo a revolta, fazendo com que ela se torne uma grande vilã se transformando numa cecaelia. Anos depois, com a ajuda da protagonista Emma, ela consegue sua voz de volta e faz as pazes com seu povo. As referências a história de Ariel são infinitas!

onceuponatime_ursula01

Além de todas essas versões, Queen Latiffah já se caracterizou como a musa das trevas aquáticas para a série fotográfica de Annie Leibovitz.

queenlatifah_AnnieLeibovitz

E para quem, assim como eu é #teamUrsula, já escolheu sua versão favorita da personagem?

ursulakardashian

Por Camila Piccini










28
ago
As “Arieis” voluntárias do Brasil afora…

Quem acompanha o Sereismo sabe que eu, Camila, faço trabalho voluntário vestida como Ariel em um grupo chamado Princesas Caiçaras. Vez ou outra estou falando sobre e postando fotos. Como Ariel é um assunto muito popular por aqui e hoje é celebrado o Dia Nacional do Voluntariado, resolvi falar sobre outras “Arieis” que fazem o mesmo trabalho de coração pelo Brasil afora :)

arielvoluntaria_princesascaicaras_camilagomes

Começando com o BibidiBobidiTour que atua no interior de São Paulo, mais precisamente na região de Vinhedo. O grupo está na ativa desde 2015 e é administrado pela Giovana Melle Brandi. Além dela se vestir como Ariel para animar crianças carentes, a Gi também é uma entusiasta do oceano. Ela ama tudo que envolva o mar e conta que o público infantil sempre fica com os olhos brilhando quando ela balança a sua cauda. Seu objetivo é tentar devolver a magia e o sabor da infância para jovens em situações difíceis.

arielvoluntaria_bbt_giovana01

“A Duda (uma menina que conheci em um evento social) me ensinou o amor, amar as pessoas independente dos seus defeitos. Quando cheguei de Ariel para ela, ela logo perguntou se era peruca e eu disse que não, que eu era a Ariel de verdade. Ela acreditou fielmente e conversava comigo como se eu fosse a princesa mesmo. Até brigava com alguns garotinhos quando diziam que era peruca. Ela dizia: ‘Não é peruca, ela é a Ariel!’. Acontece que os garotos estavam insistindo tanto que eu usava peruca que um deles arrancou com tudo quando eu estava desprevenida. Assim, mostrando meu verdadeiro cabelo nada vermelho como o da sereia. Olhei para a Duda na mesma hora e os olhos dela estavam se enchendo de lágrimas. Então, me sentei com ela e expliquei que eu ainda era a Ariel que ela gostava. Ela aceitou imediatamente e continuou me chamando de Ariel ate o final da festa, mesmo com cabelo loiro. Ela me ensinou o amor de aceitar como a pessoa é! Crianças demonstram mais sabedoria que adultos às vezes.”

arielvoluntaria_bbt_giovana02

Também no interior de São Paulo existe o grupo Encantadas. Elas começaram realizando ações sociais no natal de 2015 e, no final de 2016, voltaram com tudo. Juliana Marcondes é a administradora e também representante da Ariel. Além do trabalho voluntário, ela é atriz e cantora.

arielvoluntaria_encantadas_julianamarcondes01

“Quando eu criei o projeto aqui na minha cidade, em inspiração as Princesas Caiçaras, eu não achava que iria mexer tanto comigo. Os momentos que mais me emocionam é quando a criança pede para cantarmos. Como o meu cabelo era pintado de vermelho (atualmente uso peruca), não restava dúvidas para elas de que eu era a Ariel verdadeira, então elas queriam ouvir a voz, e eu me lembro de cada olhinho brilhando enquanto eu cantava ‘Parte do seu Mundo’. Uma vez visitamos uma menina que tinha perdido a visão. Ela nos tocava e sentia todos os detalhes dos vestidos, e também cantamos para ela poder sentir que as verdadeiras princesas estavam ali. Cada vez que eu ouço ‘Olha, mãe/pai, é a Ariel’ meu coração sorri. São momentos únicos que só conseguimos viver quando nos entregamos de coração. Não basta apenas colocar mil vestidos de princesas, tirar algumas fotos e não se entregar de coração aos que realmente precisam de nossa ajuda. Esse projeto mudou a minha vida, mudou a vida de muitas crianças e, enquanto as pessoas não pensarem no próximo, ainda viveremos em um mundo egoísta. Mas felizmente nós, aqui desse post especial, existimos.”

arielvoluntaria_encantadas_julianamarcondes02

Já em Minas Gerais temos o Meu Mundo Mágico, criado em 2016 e administrado atualmente pelas amigas Jessy Nayra e Nadine Gurgel. Já passaram algumas “Arieis” por lá, mas atualmente quem representa a nossa princesa preferida é a Wal Monteiro. A designer gráfica tem talento único para cosplay, e é ela quem confecciona o seu próprio figurino – que, vale ressaltar, é um dos mais belos e profissionais que já vi. Em tempo: o grupo está promovendo evento beneficente VII Buffet de Tortas, assista aqui ao recado da Ariel convidando todos os mineiros a participarem.

arielvoluntaria_meumundomagico_walmonteiro01

“Sou cosplayer há muitos anos e sonhava em aliar o hobby ao trabalho voluntário. O sonho se tornou realidade ao ingressar no Meu Mundo Mágico! Fico extremamente emocionada com o carinho das crianças quando represento a Ariel! Adoro a receptividade e a curiosidade que a personagem desperta nas crianças por ser uma sereia que se tornou humana. Ela me encanta por sua doçura e determinação! Nos ensina que devemos correr atrás dos nossos sonhos e amadurecemos aprendendo com nossos erros. Quando perguntam sobre a cauda, digo ‘Você não assistiu meu filme? Eu agora tenho pernas e só viro sereia de novo se entrar na água’. Uma garotinha quis que pulasse na piscina para mostrar, haha! Outra fofura veio me dizer que eu era sua princesa favorita, que tinha uma boneca minha e até uma caminha para ela! Outro garotinho disse que eu deveria cantar todos os dias para os peixinhos… Cada contato com as pessoas que visitamos me enche de felicidade e gratidão!”

arielvoluntaria_meumundomagico_walmonteiro02

Trabalhos de mulheres fortes que inspiram! Essas Arieis e esses grupos, o voluntariado num geral, tem muito o que ensinar, muito além de fazerem a gente perceber o quanto somos privilegiados e o quanto devemos agradecer por esses privilégios. Nesse caso dos grupos de princesas, apesar de representarmos personagens que estão dentro de padrões, o que tentamos passar, também, é que esses padrões são os que devem ser derrubados. Não importa sua cor, sua origem, sua aparência. Você pode ser o que você quiser! Isso vale para sereias também, é claro. Faça o que te faz feliz, mas nunca deixe de ser você mesmo. Podemos nos caracterizar de mil personagens, mas o que nos torna únicos é a nossa essência. E se podemos incluir a felicidade do próximo na nossa felicidade, sem precisar pensar em sua autopromoção, então estamos no caminho certo <3





Camila Gomes