2
fev
Passo a passo para fazer um altar de Yemanjá

Hoje é comemorado o Dia de Yemanjá. Este dia coincide com as celebrações de Nossa Senhora dos Navegantes, como já contamos nesse post aqui. Independente das origens e tradições de seu “culto”, o mais bonito é o respeito que envolve a divindade. O sentimento de esperança e acolhimento que a Mãe das Águas transmite com seus braços abertos, emanando positividade em um ambiente tão misterioso e encantador que é o Oceano, é inspirador demais! A par de qualquer religião, guiada simplesmente por esta admiração que sempre tive, decidi fazer um “oratório/altar” artesanal. Trago aqui para vocês, sereias e tritões, o tutorial do mesmo.

Altar oratório Iemanjá sereismo naturaltati_20180129120710774

Todos os materiais eu já tinha em casa. A proposta é fazer algo sustentável, dando nova utilidade para elementos que iriam para o lixo ou até mesmo para a natureza. Entre os materiais está o papelão, que será usado para fazer a estrutura do altar.

Materiais altar sereismo naturaltati

Mas vamos começar pela imagem de Yemanjá. Você pode imprimir a sua favorita ou usar uma que já tenha consigo. No meu caso, fiz uma ilustração seguindo as referências e inspirações do meu imaginário. Cortei o desenho e colei em uma folha de papelão. Fiz um apoio triangular na parte de trás para ajudar a imagem a ficar de pé.

Iemanjáilustraçãoaltartutorialsereismo naturaltati

Para proteger e selar a imagem, passe uma camada de cola branca e espere secar. A partir deste passo será possível determinar o tamanho, a altura e a profundidade  do seu oratório. Você pode usar uma caixa pronta ou montar uma a sua maneira. Não é difícil, basta cortar o fundo e as laterais seguindo medidas exatas para não ficar torto. Por exemplo, a minha ficou com estas medidas:

  • O retangulo do fundo: 22cm de largura X 27cm de altura.
  • As duas tiras laterais: 08cm de largura X 27cm de altura.
  • E as tiras da parte de cima e de baixo: 08cm de largura e 22cm de altura.

Sereismo naturaltati iemanja altar tutorial

Também acrescentei laterais extras, semelhante a uma janela. Para o corte, segui a medida de altura das tiras que fazem as laterais da caixa (as quatro partes). Fiz também um corte com formato de nuvem, usando um molde de papel. Depois de desenhar, é só dobrar o papel ao meio e cortar, assim as duas partes ficarão iguais para poder riscar no papelão. Para montar as peças, optei por usar cola branca usando camadas generosas. A cola branca funciona muito bem, fixa totalmente o papelão, mas é preciso esperar secar. Cheguei a fazer apoios triangulares nas laterais, mas depois percebi que não são necessários, a cola já é suficiente para fixar a tira.

Colagem tutorial oratório sereismo naturaltati

Agora é hora de decorar! Na parte de trás, eu colei um tecido estampado (viscose). Por dentro fiz uma pintura azul, em tons diferentes, representando o céu e o mar. Com a tinta branca fiz os detalhes das nuvens e ondas. Colei flores artificiais brancas e iniciei a colagem dos fios com pérolas. Estes materiais são facilmente encontrados em lojas de aviamentos e acessórios para artesanato.

Iemanja tutorial oratório sereismo naturaltati

A partir daí  é a sua inspiração que vai direcionar a sua arte. Combine todos os elementos que fazem parte do universo da nossa querida Yemanjá, a “mãe cujo os filhos são peixes” <3

Quem ama o mar e todo o seu encanto, não vai encontrar dificuldades e nem praticar intolerância religiosa, caso não acredite ou cultue essa divindade 😉 Nós aqui do Sereismo somos abertos a qualquer tipo de crença e respeito mutuo.

Oratório altar iemanja sereismo naturaltati_20180129120602741

Finalizo o post com essa linda oração que encontrei:

Oração de Iemanjá para abrir caminhos

Salve, Estrela do Mar, deusa poderosíssima, mãe e advogada de todos os que navegam no mar agitado da vida! À vossa valiosa proteção confia-nos o vosso séquito de auxiliares, sereias, ninfas, caboclas do mar, para serem nossas guias, protetoras, consolo e alento durante as tempestades da vida terrestre. Refugiamo-nos cheios de confiança e fé em vossa aura e manto vibratório. Seja nossa guia, seja nosso farol, seja sempre nossa brilhante estrela Divina que nos orienta, a fim de que nunca pereçamos nem nos falte rumo da rota segura que nos fará desviar dos escolhos do mar agitado da vida material. Aceitai a minha devoção humilde como símbolo de meu carinho e esperança, para que eu possa trilhar o caminho vital com a mente limpa e o corpo sem os fluídos negativos que possam dificultar minhas atividades. Assim seja. Odoyá!

Por Tati Bello










17
jan
Dream Swimmer por Kaleo Gradilone

Conheci o Kaleo Gradilone em 2015, quando escrevi um post sobre ele e seus ensaios conceituais da Pequena Sereia. Desde então, construímos uma amizade e tive a honra de me transformar em personagens criados por ele, todas sereias. E neste ano eu já comecei mergulhando toda colorida no mundo do artista.

Watery Goddess & Golden Fish

Watery Goddess & Golden Fish por Kaleo Gradilone (2016)

Para o nosso terceiro ensaio juntos, Kaleo optou por fazer algo diferente não só do que já havíamos feito antes (apesar de manter a temática), mas também diferente de tudo que estamos acostumados quando pensamos e ouvimos em sereias. Uma de suas inspirações foi Ran, uma deusa das criaturas aquáticas e do submundo na mitologia nórdica. Quem apresentou essa figura foi um cliente de Kaleo (foto do ensaio deles abaixo) e, lendo mais a respeito da deusa, Kaleo teve a ideia de criar uma sereia com feições humanas numa pegada mais sombria. O resultado foi um ser mágico com pele colorida e semblante obscuro, assim como vemos em seu esboço.

Esboço da Dream Swimmer

Esboço da Dream Swimmer

Fazendo jus a famosa citação “conhecemos mais do nosso espaço do que nossos oceanos”, o artista colocou a personagem dentro de um contexto onde ela é capaz de nadar em águas tão profundas que acaba se mesclando com diferentes universos, até o dos nossos sonhos. Por isso, foi intitulada como Dream Swimmer e também passa a concepção de uma sereia intergaláctica. Tendo uma infinidade de diferentes realidades e cosmos, no fim a interpretação pode ficar a critério da fantasia do espectador.

IMG_6910x

IMG_7034x

Para compor a caracterização, Kaleo se inspirou em elementos grunge contrastando com o cabelo perfeitamente modelado. O lilás da pele conversa com o verde, criando uma contraposição interessante e harmoniosa. O olho é extremamente esfumado para criar profundidade com um cut de pálpebra luz, que serve para dar brilho no olhar junto ao esfumado rosa neon dramático com glitter – que apesar de ser uma cor teoricamente doce, na verdade aqui ela traz um ar lúgubre. A esclerótica dos olhos é amarelada para tirar o aspecto “humano”. A cor amarela foi escolhida pra contrastar com os tons de roxo da maquiagem.

IMG_7079x

Além disso, usamos o batom Syrena nos lábios e os batons Mera e Ondine nas pintinhas do rosto e do corpo, todos da Linha Sereismo para TBlogs. Vende aqui!

IMG_6980x

A produção toda levou em torno de 5 horas, mas a edição foi a parte mais difícil. Eu estava realmente usando uma cauda, mas para dar a impressão de eu estar flutuando, Kaleo tirou fotos de mim por partes e depois juntou tudo. Mesmo assim, ele conseguiu fazer tudo com maestria e o produto final ficou maravilhoso! Ambos ficamos orgulhosos e muito felizes! No dia ainda contamos com a ajuda e assistência da Babi Sparrow, a melhor cosplayer de SP! Confiram o trabalho dela em @babisparrow. E não deixem também de acompanhar o trabalho do Kaleo no Facebook e Instagram, que envolve muita arte, comprometimento, esforço e perfeccionismo! Apesar de ser especializado em maquiagens artísticas, ele também produz ensaios simples, basta entrar em contato e contratá-lo. É difícil encontrar um profissional que preze tanto pela originalidade, então temos que valorizar <3

IMG_6807x





Camila Gomes





14
jan
Poluição no mar

Infelizmente, a poluição é uma das mais terríveis doenças do planeta. Os lixos que os humanos geram todos os dias afetam a terra e as águas. Em diversas cidades do Brasil, por exemplo, resíduos são despejados indevidamente sem tratamento nos rios. Detritos e até objetos como móveis e eletrodomésticos viajam pelos córregos e chegam no oceano. E como se não bastasse, nas praias, principalmente nesta época de férias de verão, muito lixo é deixado nas areias.

Canudo, o vilão da atualidade

Canudo, o vilão da atualidade

Latas de bebida, canudos, garrafas, tampinhas, embalagens de biscoito… Estes resíduos são os mais “esquecidos” no chão atualmente.

Por mais que exista coleta nas praias, a total responsabilidade é de quem os consome. Para quem gosta de curtir o mar durante o verão, mergulhar em águas limpas, ser surpreendido por peixinhos e tartarugas nadando e gaivotas voando, é preciso praticar o instinto de proteção ao meio ambiente e também difundir esta forma de respeito.

Sendo assim, a forma mais objetiva de respeitar a natureza é levando de volta o próprio lixo para ser descartado em lugares adequados, ou seja: na lixeira!

Tampinha com corais

Tampinha com corais

Tampinha de refrigerante com algas

Tampinha de refrigerante com algas

Aprendemos desde a infância que cada matéria tem o seu tempo de duração/decomposição. Quanto a latinha ou a tampinha, assim que é jogada no meio ambiente, ela some da nossa vista, mas não desaparece do planeta. Permanece ali por décadas ou até mesmos séculos.

Confira a tabela abaixo e veja o tempo de decomposição de cada resíduo:

  • Casca de frutas ___________ De 1 a 3 meses
  • Papel ___________ De 3 a 6 meses
  • Pano ___________ 6 meses a um ano
  • Chiclete ___________ 5 anos
  • Filtro de cigarro ___________ 5 a 10 anos
  • Tampa de garrafa ___________ 15 anos
  • Nylon ___________ Mais de 30 anos
  • Sacos plásticos ___________ 30 a 40 anos
  • Latas de conserva ___________ 100 anos
  • Latas de alumínio ___________ 200 a 500 anos
  • Plástico ___________ 450 anos
  • Fralda descartável ___________ 600 anos
  • Garrafas de vidro ___________ Tempo indeterminado
  • Pneu ___________ Tempo indeterminado
  • Garrafas de plástico (PET) ___________ Tempo indeterminado
  • Borracha ___________ Tempo indeterminado

É preciso estar atento a estes números. Imagine a bebida que foi consumida no máximo em 30 minutos e, em seguida, arremessada do barco de passeio diretamente na água? Ela continua viajando nas correntes por muitos e muitos anos…

Lata de bebida em início de decomposição, com algas fixadas no alumínio

Lata de bebida em início de decomposição, com algas fixadas no alumínio

Lacre de lata encontrado na praia. Este estilo de abridor pertenceu a uma lata de bebida dos anos 70.

Lacre de lata encontrado na praia. Este estilo de abridor pertenceu a uma lata de bebida dos anos 70.

Se pesquisarmos por animais marinhos e lixo no Google, imagens assustadoras aparecem. A maioria dos animais confundem os detritos com alimentos. Isso põe em risco a vida e o desenvolvimento dos seres, pois ao ingerir, se engasgam ou ficam doentes, uma vez que o organismo dos nossos amigos do mar não digerem os objetos.

Com objetos que não pertencem ao mar, algas que servem de alimento para muitos seres se fixam onde não deveriam, contribuindo para a extinção tanto das plantas quanto dos animais que os consomem.

Como Sereias e Tritões conscientes que somos, vamos proteger este maravilhoso reino aquático e difundir as informações para quem ainda não está atento para estes fatos tão graves e a importância de tamanho respeito. Afinal, quem ama cuida!

Nosso oceano está sufocando. Oito milhões de toneladas de plástico entram em nossos oceanos todo ano. Até 2050, haverá mais plástico do que peixes no mar. Isso é assustador, principalmente sabendo que plástico não se decompõe. Ele pode se desfazer em minúsculos pedaços, mas sempre estará lá. Milhares de animais morrem por causa do plástico. Aqui vão algumas dicas que pode fazer com que você ajude a evitar isso: 1. Reduza ou elimine seu uso do plástico. Não é necessário usar sacolas de plástico, por exemplo, já que hoje em dia existem outras opções sustentáveis. 2. Converse com os seus representantes locais, sugira que o uso do plástico seja banido. Para a mudança realmente acontecer, é preciso que haja mudanças nas leis. 3. Não use microesferas. Eles estão em algumas pastas de dente e em cosméticos para o rosto. São de plástico e não deveriam estar em sua pele ou boca. 4. Apoie organizações que combatem a poluição de plástico. Algumas delas são @surfrider @surfrideroahu @sustainablecoastlineshawaii Nesses perfis há dicas diárias da luta contra o plástico e com opções que sejam mais ecológicas. 5. Participe de mutirões de limpeza de rios e praias. 6. Reutilize e recicle tudo que seja possível. 7. Compartilhe essa ideia! Quanto mais pessoas saberem, mais conscientização teremos para pararmos de poluir nosso planeta. Texto: @latinosensation Foto: @projectmermaids

Uma publicação compartilhada por Blog SEREISMO.COM ‍♀️‍♂️ (@sereismo) em

Por Tati Bello