22
maio
A música A Novidade de Gilberto Gil
em: Cultura

A Novidade é uma canção de Gilberto Gil dos anos 80. A obra nasceu depois que Herbert Viana, do grupo Paralamas do Sucesso, ligou para Gil pedindo para que ele escrevesse uma música para fechar  álbum Selvagem, que protestava contra o governo da época. Naquele momento, Gil estava em Florianópolis e teve o mar como principal inspiração. Assim nasceu a visão de uma sereia sobre a desigualdade social…

anovidade_gilbertogil

A letra nos faz refletir do quanto a desigualdade e as guerras fazem com que as pessoas deixem de contemplar e valorizar as coisas simples e bonitas da vida. E a sereia chegou para tentar nos fazer enxerga-las de novo. Segundo Gil, é a imagem da sereia que dá a partida para o tratamento da questão. O álbum, num geral, protestava contra a situação do Brasil, porém A Novidade engloba o terceiro mundo, o mundo desigual no qual fala o refrão.

A NOVIDADE
A novidade veio dar à praia
Na qualidade rara de sereia
Metade o busto
D’uma deusa Maia
Metade um grande
Rabo de baleia…
A novidade era o máximo
Do paradoxo
Estendido na areia
Alguns a desejar
Seus beijos de deusa
Outros a desejar
Seu rabo prá ceia..

Oh! Mundo tão desigual
Tudo é tão desigual
Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!
Oh! De um lado esse carnaval
De outro a fome total
Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!…

E a novidade que seria um sonho
O milagre risonho da sereia
Virava um pesadelo tão medonho
Ali naquela praia
Ali na areia…

A novidade era a guerra
Entre o feliz poeta
E o esfomeado
Estraçalhando
Uma sereia bonita
Despedaçando o sonho
Prá cada lado….

Oh! Mundo tão desigual
Tudo é tão desigual
Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!
Oh! De um lado esse carnaval
De outro a fome total
Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!…

Em 2012 o cantor e compositor baiano performou sua canção junto com Caetano Veloso e Ivete Sangalo (uma sereia nata), dando um ritmo ainda mais arrepiante a essa poesia.

Agradecimentos a minha amiga Carol Simões que me inspirou a fazer esse post <3

Clique aqui para ver também a nossa análise da música Sereia de Lulu Santos.





Camila Gomes





19
maio
Musical A Pequena Sereia da Broadway terá temporada no Brasil
em: Cultura

Sim, mais uma notícia envolvendo musical e A Pequena Sereia. E dessa vez muito mais animadora para nós, fãs brasileiros! A produtora IMM adquiriu, da Disney, os direitos para montar a versão brasileira musical da peça da Broadway A Pequena Sereia. A cessão prevê que a peça seja encenada no período de um ano, a partir de 1º de março de 2018, no teatro Santanter, em São Paulo.

thelittlemermaid_broadway01

Autorizado a captar R$ 9,9 milhões via Rouanet, o projeto levado ao MinC lista como diretora e coreógrafa Lynne Kurdziel, que dirigiu montagens da obra em outros países.

Versão escandinava da peça dirigida por Lynne Kurdziel

Versão escandinava da peça dirigida por Lynne Kurdziel

Originalmente, A Pequena Sereia fazia parte do pacote acorda entre a Disney Theatrical Group, braço teatral do famoso estúdio com a T4F do Brasil, que montaria, além desse espetáculo, Mary Poppins e O Rei Leão, sendo este o único espetáculo dessa parceira que acabou sendo levado aos palcos e encenado no país durante dois anos.

A Pequena Sereia estreou na Broadway dos Estados Unidos em 2008, com Sierra Bogges no papel título, permanecendo em cartaz até 2009. Para criar o efeito do universo submarino, os atores andavam de patins no palco, o que nas produções mais recentes, fora da Broadway, foi substituído por fio “invisíveis”, em uma técnica de palco semelhante a que utilizam para fazer a personagem Mary Poppins voar em cena.

thelittlemermaid_broadway02

Assista abaixo Sierra Bogges sendo a Ariel da Broadway e se arrepie pensando no que pode nos esperar!!! *-*

A medida que mais informações forem confirmadas, como elenco, publicaremos aqui!

Fonte: Folha de São Paulo e A Broadway É Aqui

ATUALIZAÇÃO: As audições estão prestes a começar e já rolam boatos de alguns nomes confirmados, como por exemplo Claudia Raia no papel de Úrsula!

Os ensaios devem ter início em janeiro de 2018, então em breve teremos a confirmação do elenco inteiro. Ansiosas!!!





Camila Gomes





15
maio
Tatuagens, o Mar e as Sereias

Tatuagens de Sereias são incríveis! A cada dia aparece uma imagem nova que nos deixam encantadas, e sempre que postamos uma em nossas redes sociais, é recorde de curtidas.

Hoje em dia a arte de marcar a pele para sempre venceu a barreira do preconceito e está presente no corpo de pessoas de várias idades e estilos de vida. Mas vocês sabiam que a história da tatuagem, assim com as Sereias e seus significados, tem uma relação importantíssima com o mar? As primeiras tatuagens que se tem registro na história começaram a surgir no Egito entre os anos de 4000 e 2000 a.C. Mais adiante (bastante tempo depois) foi descoberto que tribos que habitavam as ilhas da Polinésia, Filipinas, Indonésia e  Nova Zelândia faziam tatuagens permanente de forma artesanal em seus rituais religiosos. A prática era conhecida como “Tatau”, referente ao som que era produzido durante o “desenhar”, feito com ossinhos finos e pigmentos que eram levemente martelados sobre a pele. O personagem Maui do longa Moana tem o corpo todo tatuado – a sua criação é uma referência destas tradições.

maui moana sereismo naturaltati

O navegante inglês James Cook, em suas expedições no Mar ao redor da Oceania durante os anos de 1700, entrou em contato com as tribos das regiões e, ao conhecer a arte, escreveu em seu diário de viagem o termo “Tattoo”. Assim, a palavra e a prática se difundiu pelo mundo através dos viajantes do mar. Navegantes, marujos , marinheiros e estivadores (trabalhadores de carga e descarga de embarcações) eternizavam palavras e  desenhos em sua pele. Na França, a arte ganhou o nome “Tatouage”, o que explica o porque de conhecermos em português como “Tatuagem”.

Old+School+historia sailor naturaltati sereismo

No Brasil, o primeiro estúdio de tatuagem surgiu nos anos 60 no porto da cidade de Santos/SP, através do dinamarquês Kund Harld Lucky Gregersen, conhecido como Lucky Tattoo. Esta localização era conhecida como uma área “boêmia” e isto contribuiu para a disseminação do preconceito em relação a tatuagem. Porém, com o passar dos anos, a arte foi se aprimorando, as técnicas, equipamentos, traços e cores, e o mais importante de tudo: deixou de ser uma prática exclusiva dos homens.

Hoje podemos ver tatuadoras e tatuadas por toda parte. Um dos símbolos desta conquista é a tatuadora da tribo Kalinga a Whang Od, ela tem 100 anos e vive nas Filipinas.

Whang od tattoo sereismo naturaltati

Falando em tatuadoras sereias… A Buuh Safeco, que já apareceu por aqui com seu lindo cosplay de Ariel, trabalha atualmente como tatuadora e fez uma tatuagem *sereística* linda demais na também incrível cosplayer Babi Sparrow. Sereias tatuando sereias!

Se você está em busca de inspiração para fazer uns rabisquinhos de sereia em seu corpo, os sites mais indicados para navegar são Pinterest, que é um verdadeiro banco mundial de ideias variadas, e o Tattoodo, que é uma espécie de Instagram só de tatuagens. Ao acessar ambas as redes, basta pesquisar por termos em inglês tipo “mermaid tattoo“, “shell tattoo“, “sea“, “beach” etc.

Tatuar o corpo é um ato de extrema responsabilidade, pois é para sempre. Eu, por exemplo, amo desenhos, sereias e um milhão de outras coisas, e até hoje não consegui escolher uma imagem que me represente! E vocês, têm tatuagem de sereia? Gostariam de ter? 😀

Por Tati Bello

Siga a Tati Bello no Instagram