13
dez
Versão brasileira de A Pequena Sereia da Broadway vem aí!

Em maio postamos aqui a notícia de que a produtora IMM traria o musical da Broadway A Pequena Sereia para o Brasil em 2018. Desde então, não nos aquietamos até saber de tudo sobre o espetáculo! Uma audição foi aberta em agosto e essa semana foram revelados os nomes que irão compor o elenco principal (os rumores que chegaram até nós acertaram a maioria! rs!). Tendo essa informação, venho aqui contar pra vocês algumas curiosidades sobre os atores e as versões do musical ao redor do mundo 😀

Fabi é uma premiada atriz, cantora e dançarina carioca de 33 anos. Seu papel de mais destaque, até então, é o de Glinda em Wicked. Ela é muito querida no meio musical e possui um fã clube gigante por aqui. Uma curiosidade é que, em 2009, ela foi cover (o termo cover em musicais remete a substituto) da Bela em A Bela e a Fera, que por sua vez era interpretada originalmente por Kiara Sasso, a voz cantada da Ariel na animação da Disney. Mesmo ainda não tendo fotos da Fabi caracterizada como a personagem, já dá pra sentir um gostinho do que podemos esperar com esse vídeo gravado no início desse ano (seria um sinal do que viria no futuro? hehe) de Fabi cantando Parte do Seu Mundo:

O mineiro Rodrigo Negrini será o Príncipe Eric, seu primeiro protagonista num musical. Em seu currículo constam papeis em Aladdin, Os Miseráveis e Wicked. Assim como Fabi, ele também é cantor, ator e dançarino – o que é uma super vantagem, afinal há números de dança entre os dois personagens no espetáculo. Diferente da animação, o Príncipe Eric da Broadway tem bastante participação cantando e dançando.

rodrigonegrini

Rodrigo tem fama de ser muito simpático, então podemos esperar muitas fotos e sorrisos no stage door kkkkkk (stage door, em tradução livre, significa porta do palco, e é onde os atores encontram os fãs após uma peça). Para ver um pouco do que nos aguarda, assista abaixo um vídeo com Rodrigo e Lucas Cândido (o Linguado) cantando músicas da Disney:

Andrezza Massei, a nossa Úrsula, é uma paulista de 41 anos, atriz e cantora premiada e veterana no mundo dos musicais por seu grande talento. Esteve no elenco de A Bela e a Fera e seu último trabalho foi como Madame Thernadier em Os Miseráveis. Esse ano ela ganhou todos os prêmios que concorreu, ou seja, a mulher é demais! Já o Rei Tritão, que na Broadway é irmão de Úrsula, será interpretado por Conrado Helt, que atualmente está em cartaz com a peça Cantando na Chuva.

Por último, mas não menos importante, teremos Tiago Abravanel como Sebastião – de certo o nome mais conhecido do público geral por ser neto de Silvio Santos e ter feito novelas da Rede Globo. Entretanto, não podemos desmerecer seu enorme talento como cantor, o que já o garantiu o papel principal em grandes produções como o musical Tim Maia. Uma curiosidade engraçada é que ele não é o primeiro integrante da família Abravanel a ser um personagem de A Pequena Sereia, uma vez que sua tia, a apresentadora Patrícia Abravanel, já apareceu em um programa vestida de Ariel. Melhor família! hahaha!

Tiago e Patrícia Abravanel

Tiago e Patrícia Abravanel

SOBRE O MUSICAL

Para quem não sabe, a Disney possui uma produtora de teatro chamada Walt Disney Theatrical, que leva versões de seus clássicos animados para os palcos. Muitos vão parar na Broadway, ganhando enorme destaque e consequentemente vendendo os direitos das produções para outros países que, por sua vez, criam suas versões nacionais dos espetáculos (aqui no Brasil já tivemos O Rei Leão e A Bela e a Fera). Apesar de ser da Disney, nem sempre as histórias seguem fielmente o que vemos nas animações. Em A Pequena Sereia, por exemplo, o final é um tanto diferente (calma que não daremos spoiler – apesar de já ter contado em outro post uahua). Outra divergência é que alguns personagens ficam de fora, como o cachorro Max e Vanessa, a alter-ego de Úrsula, entre outras pequenas diferenças – o que torna a produção da Broadway mais única, digamos assim. A peça foi indicada a diversos prêmios, mas ganhou apenas o de Atriz Revelação pelo Broadway Audience Awards. 

Pôster do musical original da Broadway com Sierra Boggess como Ariel

Pôster do musical original da Broadway com Sierra Boggess como Ariel

Como estamos falando de musicais, muitas músicas dos filmes são aproveitadas, podendo serem estendidas ou encurtadas, e tantas outras novas são incluídas. Na época, foi comercializado um álbum com as músicas gravadas pelo elenco original com fotos do espetáculo no encarte, coisa mais linda!

apequenasereiabroadway_cdcapa

apequenasereiabroadway_cdcontracapa

apequenasereiabroadway_cd

apequenasereiabroadway_cdencarte01

apequenasereiabroadway_cdencarte02

apequenasereiabroadway_cdencarte03

AO REDOR DO MUNDO

Nos Estados Unidos, A Pequena Sereia ficou em cartaz por um ano durante 2008, com a estrela Sierra Boggess como Ariel. Ao ir para outros países, a peça pode sofrer algumas alterações no cenário e figurino, além de ser encenado por artistas do próprio país com as músicas traduzidas. Tudo tem que ser passado e aprovado para os diretores da Broadway, ou seja, o padrão de qualidade se mantém. Vale lembrar também que em teatro o elenco é escolhido pelo peso da carreira, não pela idade (claro que existe uma idade limite para certos personagens, mas não é tão a risca como em um filme, por exemplo), e a maquiagem é bem mais pesada por conta da distância entre o público e o palco. A Pequena Sereia já teve versões nas Filipinas (2011), Holanda (2012), Rússia (2012 a 2014), Japão (2013) e Canadá (2014). Vejam abaixo as Arieis de cada região:

Filipinas, Holanda, Rússia, Japão e Canadá

Filipinas, Holanda, Rússia, Japão e Canadá

No caso da versão brasileira, a produtora responsável por trazer o musical conseguiu comprar os direitos totais do musical, o que significa que ele não tem a obrigação de ser uma réplica exata da versão norte-americana. Por outro lado, estamos contado com a diretora e coreógrafa Lynne Kurdziel, que dirigiu montagens da obra em outros países.

Fabi Bang, Lynne e Rodrigo Negrini durante audições

Fabi Bang, Lynne Kurdziel e Rodrigo Negrini durante audições

Fabi Bang durante audições

Fabi Bang durante audições

Para criar o efeito do universo submarino, os atores andavam de patins no palco, o que nas produções mais recentes foi substituído por fio “invisíveis”, em uma técnica de palco semelhante a que utilizam para fazer a personagem Mary Poppins voar em cena. Já na questão figurino, em alguns países a Ariel tem o cabelo todo pra cima para simular o efeito da água mas pra mim fica parecendo mais a Marge SimpsonFica no ar a dúvida de como será feito aqui no Brasil!

apequenasereiabroadwaybr

A Pequena Sereia tem previsão para estrear em março no Teatro Santander, em São Paulo. A temporada deve durar 6 meses, já que o local pretende receber outro espetáculo no segundo semestre de 2018. Continuem ligados aqui no Sereismo e em nossas redes sociais (Instagram e Facebook) para mais novidades! Com certeza estaremos presentes na estreia e vai rolar muitas fotos e resenha 😀

ATUALIZAÇÃO: Os ingressos começarão a ser vendidos online pelo site Ingresso Rápido a partir da meia-noite do dia 31 de janeiro. Também será possível adquirir diretamente na bilheteria do Teatro Santander, antecipadamente. A estreia está marcada para o dia 30 de março e a temporada segue até o dia 29 de junho. 





Camila Gomes





1

[…] já havíamos adiantado nesse post aqui, a Walt Disney Theatrical, responsável pelas montagens teatrais de seus clássicos, deu cartão […]