25
maio
A sereia de cada signo por Dear Maidy

A Maidy é uma blogueira mineira de 18 anos que ama seres fantasiosos e universo geek. O “Maidy”, inclusive, vem da palavra “Mermaid” e é com Y no final porque o nome dela verdadeiro é Yara (sim, sereia em tudo!). A Maidy poderia facilmente integrar nossa lista de blogueiras sereias, uma pena que eu só descobri o blog dela essa semana, mas antes tarde do que nunca! Na verdade, a dica foi da própria Bruna, que assistiu o vídeo da Maidy sobre a sereia de cada signo, me mostrou e a gente super concordou que merecia um post aqui!

Fofo, né?! Se identificaram com a descrição do seu signo? Eu amei a do meu, Câncer <3 (que aliás, também é o signo da Bru e da Jéssica, nossa colaboradora!).

Pra quem quiser acompanhar a Maidy, o blog dela é o Dear Maidy e o canal no YouTube é esse aqui, onde ela fala sobre livros e cultura em geral <3

dearmaidy





Camila Gomes





23
maio
Pérolas de Jéssica – Para as sereias que hão de vir…

 

Dedicado para a sereia que sou, e para a sereia que há de chegar. E também para aquela que finge ser.

 

Ter uma sereia dentro de si… ocultada, escondida, revelada. O que é TER uma sereia interior? O que é querer ser algo incompreensível, surreal, impossível, dito insano, banal, irrealizável pela sociedade? Pois então lhes digo, e digo para além daqueles que são ditas sereias e para aqueles que ainda hão de vir e tomar o meu lugar, e o lugar daqueles que verdadeiramente são… Ter uma sereia interior é ser alma, espírito e corpo, é ser a ti mesmo, seja em qualquer impossibilidade, agressividade, futilidade. É não se envergonhar em dizer que acreditas no inimaginável, é não temer as más línguas em lhe zombar por imaginar uma longa cauda no lugar de suas pernas, e saber que isto é apenas mais um dos detalhes que lhe torna uma sereia verdadeira, pois o que te torna uma eu não precisarei explicar aqui, pois somente quem é uma de forma pura, saberá sem precisar ler coisa alguma.

followmeaway01

Sei que, a partir deste texto, muitas das pessoas, assim como eu, que trouxeram e trazem a cultura das sereias desde o princípio de sua racionalidade e integridade se indignarão, identificarão e se recordarão da quantidade de conteúdos dos quais usam sereias para caracterizar suas luxúrias, superioridades, egos e inverdades, e que nos levam até muitas das vezes em nos questionar sobre o que nos tornamos, perante os tantos olhos “humanos” dos quais se viraram para nós atualmente. Então digo as sereias que estão aqui hoje, e que suportaram palavras desanimadoras, grosseiras, chacoteadoras, que sentiram acanho em gritar aos sete mares que acreditavam num mundo que só poderia ser enxergado por quem acreditassem em magia, que pudessem ver mais do que seus olhos possam lhes limitar: Vocês são as escolhidas. Tornam nosso oceano mais forte e infinito, e prevalecerão através do tempo, das más marés, e dos maus presságios. Vocês são ondas que moldam as sereias que hão de vir, e que moldam as rochas difíceis de se partir. Vocês são a verdadeira essência do mar, por mais que o mundo humano tente lhes convencer do contrário. Sei que nem precisava ressaltar isto, mas vocês sabem do que digo, e que são tempos tempestuosos de falsos seres mágicos que simplesmente surgem de lugares imprevisíveis tentando acorrentar as caudas de sereias verdadeiras ás profundezas de uma realidade cruel, injusta e artificial e que são criaturas inteiramente superficiais ou totalmente inválidas de sentimentos, como bondade, honestidade e de a(MAR). Destas criaturas, nós sereias verdadeiras infelizmente estamos exaustas de lidar, mas sabemos que no final, somente quem for digno da verdade e da justiça, permanecerá.

Mas oras, também tenho algo para as “ditas sereias”, sim… mas o que seriam as “ditas sereias” em nosso vocabulário? São aquelas que por mais que demonstrem o esforço, não conseguem ser aquilo da qual não nasceram para ser, e tentam de alguma forma, através de puros espíritos mágicos, ocultar-se ou rebelar-se. Mas lhes alerto para o perigo que correm tentando ser algo que não são: A natureza deteriora naturalmente aquilo que á ela não pertence, e no final, apenas quem a ela da forma mais honesta, verdadeira e pura foi e é leal, prevalecerá… através do tempo, da brisa, das marés, e acredito eu, também das vidas que a ela foram concedidas, pois como sempre digo, não se pode querer ser algo, apenas se pode evoluir o que você já naturalmente é.

followmeaway02

Então ao avistar novos oceanos, tomo como partida a grande lição que quero transmitir para as sereias que ainda hão de vir a frente do meu tempo, de minha vida e de meus ensinamentos, e que um dia lerão este texto e compreenderão a questão da qual o resto tenta se bastar: Você sabe o que é ser uma sereia? Caso se disponha a responder a esta questão, quero lhe propor um teste… Vá até o espelho mais próximo e olhe para si mesma por alguns instantes… Olhe para o que você é, olhe para além da cor dos teus olhos, para além dos detalhes em teu rosto e para além das histórias ramificadas em cada fio de seu cabelo. Consegue ver-se, enxergar-se verdadeiramente? Se veres apenas seu reflexo de forma nada além deste, você se basta pela realidade. Se tentar ver além por causa da última resposta, você força algo que verdadeiramente não é, e se você sente a força de tua alma além de conseguir enxergar a si mesma e consegue ver refletida sua aura mágica em seus detalhes e trejeitos, então sabe que a resposta para esta pergunta não está em nada do que pode ser descrito, mas sim do que está dentro de você, e que apenas você mesma consegue enxergar, interpretar e compreender.

Então digo para todos aqueles que não compreendem o sentido e real significado do que é ser uma sereia: Uma verdadeira sereia simplesmente sabe o que é ser uma. Deixo por fim esta mensagem para as sereias que hão de vir verdadeiramente e puramente com o tempo: Sejam algo além de sua compreensão, sejam a natureza, o espírito dos mares, sejam algo que não pode ser desejado, materializado, definido por meras palavras, mas que acima de qualquer coisa possa apenas ser vivido e sentido individualmente. Sobressaiam-se perante aos que tendem a lhes ocultar e principalmente aos que tentam lhes imitar porque são criaturas que não conseguem encontrar-se interiormente. Seja sempre verdadeira. Seja sereia. Seja você mesma.

Por Jéssica Latchuk – Nossa poetisa do mar e também a sereia por trás da página Sereia-Me.

Siga a Jéssica:

Imagens: Follow Me Away










16
maio
Resenha – Cauda de sereia da MS-Fins
em: Compras

Ontem recebi a melhor encomenda de todas: minha tão sonhada cauda roxa! Eu já tinha duas, uma azul e outra verde, e o desejo de ter uma roxa/lilás vinha crescendo cada vez mais. Porque sereia tem dessas! rs. Para minha sorte, não precisei importar como das outras vezes. Tudo porque a nossa sereia preferida, Mirella Ferraz, reabriu a sua loja de caudas MS-Fins! *barulho de fogos*

msfins_site

O site veio todo repaginado, assim como as próprias caudas  que são todas sob medida com opções para adultos e crianças. Logo quando a Mi me mostrou como seria, a ansiedade já bateu forte para adquirir uma. A estampa é maravilhosa, tem efeito 3D (em foto e vídeo fica super realista, parece escama de verdade!) e vem em cinco cores – pra ninguém botar defeito e diferenciada de todo mercado internacional! A nadadeira mesma coisa. Nunca havia visto um formato assim, me lembrou golfinhos <3

minhamsfins01

O tecido é neoprene summer, o mesmo usado para roupas de mergulho e surf. A monofin é exclusiva e já vem acoplada, ou seja, não dá pra tirar. Para vestir a cauda é preciso baixar todo pano até os pés, encaixá-los na monofin, e só depois subir o pano novamente. Provavelmente você precisará da ajuda de alguém, mas ela se ajusta perfeitamente ao corpo. Vale a pena!

COMPARAÇÕES COM OUTRAS CAUDAS

msfins_miamibeachmermaids

Minhas caudas verde e azul da Miami Beach Mermaids foram compradas em 2013 e são de lycra (ah, vale ressaltar que por serem antigas, já não estão mais no catálogo da loja). Portanto, minha única experiência são com caudas de lycra e, agora, neoprene. Comparando uma a outra, achei a da Mirella milhões de vezes mais confortável, tanto a cauda como a monofin. Sério, quando ela chegou fui correndo vestir, tirei uma foto no sofá e depois continuei ali, sentada, usando cauda, numa boa! kkkkk. Dá até pra dormir com ela! #alok

não quero mais tirar!!! 😩💜🌨🐚 #msfins

Uma foto publicada por Camila Gomes (@gs.camila) em

Detalhe: a entrega foi super rápida! Quando eu menos esperava, a Mi me mandou o código de rastreio. Ainda não tive a oportunidade de nadar com a cauda nova, mas como não sou sereia profissional, tampouco mergulhadora, acho que nessa questão minha opinião não contaria muito, kkkkkk.

Visualmente, achei também as caudas da Mirella mais bonitas, por exemplo, do que as das lojas gringas mais baratinhas e até mesmo do que as de tecido do Eric Ducharme (Mertailor), que é o tailmaker mais famoso do mercado. Outra vantagem é que por ser um produto 100% nacional, o custo benefício é excelente. Para quem chegou agora, pode até achar R$400 um preço alto, mas esse é mesmo o valor de uma boa cauda, com material de qualidade e duradoura. Com o dólar estando nas alturas e as milhares de taxas, optar por uma cauda nacional é a saída mais econômica. Para vocês terem noção, uma cauda de silicone pode chegar a mais de dois mil dólares!

msfins_mertailor

E falando nas de silicone… Essas são desejo de consumo de muita sereia e tritão, e você pode até se esforçar economizando e fazendo vaquinha para comprar uma, mas tenha em mente que são caudas extremamente pesadas e com o tempo podem esticar e não ficar mais tão justinhas. São mais indicadas para quem pretende seguir profissão ou para quem é muito rico. Conclusão: mais um ponto para as caudas da Mirella!

ONDE COMPRAR?

Acesse www.mirellaferraz.com. No site tem toda informação necessária para os cuidados com a cauda. Ao comprar, envie suas medidas para o e-mail lá indicado. A tabela de medidas é facilmente encontrada na barra de menu superior. E não deixem de tirar fotos usando a MS-Fins marcando na hashtag #msfins pra gente poder ver 😀

Eu sei que atualmente, com a moda das sereias bombando, surgiram muitas lojas brasileiras de caudas, mas eu sempre faço questão de destacar o trabalho da Mirella simplesmente porque ela foi pioneira nesse mercado. A MS-Fins existe desde 2012 e estava desativada desde 2014, mas agora voltou com tudo e vocês podem confiar, afinal é um trabalho feito com amor por quem sabe o que faz. Podem ter certeza também que esse post não é publicidade e nem papo de amiga, o que fazemos por ela é por amor e afinidade, sem esperar nada em troca, e ficamos felizes de verdade em ajuda-la e acompanha-la em mais essa conquista <3

minhamsfins-livro

* Obrigada Bruna Tavares pela coroa Gofferco deusa!!! <3 Agradecimentos também ao Yuri Antunes pelas fotos da minha nova cauda!





Camila Gomes